Geral

Com mais de 8 toneladas de alimentos arrecadadas, Morro da Fumaça lança campanha para apoiar famílias mais necessitadas

Campanha "Juntos Somos Mais Fortes" visa auxiliar as famílias mais afetadas pela crise do coronavírus.

Divulgação

Além de combater o coronavírus, Morro da Fumaça se une também para auxiliar aquelas pessoas que estão sendo fortemente afetadas pela crise. O município ganha a campanha “Juntos Somos Mais Fortes”, onde a Defesa Civil e a Coordenação de Desenvolvimento Social do município passarão a receber doações de itens de ajuda humanitária a partir da próxima segunda-feira, dia 6, que serão entregues a essas pessoas na sequência.

O coordenador da Defesa Civil, Natan de Souza, diz que entre os itens que podem ser doados estão alimentos em geral, produtos de higiene pessoal e produtos de limpeza. “O local de entrega será o Ginásio de Esportes Jorge Silva, no Centro da cidade, das 9h30min às 17h. Sendo que também haverá uma equipe à disposição para buscar as doações nas casas de quem não pode levar ao ginásio”, comenta Souza.

Mais de 6 toneladas para serem distribuídas

Além das cerca de 2 toneladas que já foram disponibilizadas até o momento, o Município já arrecadou mais 6 toneladas de alimentos que serão entregues a partir de segunda-feira, dia 6. “Agradecemos todas as pessoas e empresas que estão contribuindo com quem mais precisa neste momento. Não deixaremos que nenhum fumacense passe por necessidades. Estamos trabalhando dia e noite, pensando no bem-estar de todos, como fizemos desde o primeiro dia de nossa gestão”, enfatiza o prefeito, Noi Coral.

As famílias que necessitam de ajuda deverão procurar a Coordenação de Assistência Social, para a realização do cadastro, através dos telefones: 3434-4804 e 3434-3197, ou ainda pelo contato da prefeitura: 3434-6100. “O momento é delicado e o Governo Municipal está preocupado com todas as famílias de nossa cidade. Nosso agradecimento aos profissionais da assistência, que sem sensacionalismo e sem oportunismo atendem todas as famílias de forma responsável e igualitária seguindo as exigências legais. Continuamos firmes na luta contra o coronavírus e atentos à todas as necessidades das famílias mais necessitadas do nosso município”, diz o vice-prefeito, Eduardo Sartor Guollo.

Atenção constante

Mesmo com o isolamento proposto pelo Governo do Estado, a Coordenação de Desenvolvimento Social segue atendendo por telefone e in loco. O atendimento é realizado também pelo Cras e pelo Creas. “Orientamos que, com relação ao auxílio emergencial do Governo Federal (CoronaVoucher) este ainda não foi sancionado, e conforme o mesmo for liberado e possuirmos maiores informações repassaremos pelos meios de comunicação da prefeitura”, explica o coordenador de Desenvolvimento Social, Fernando Réus Frasson.

Notícias Relacionadas

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Prefeito de Nova Veneza assina decreto de formação da Comissão de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus

Nova Veneza não tem casos confirmados da doença, apenas pessoas em isolamento domiciliar que já foram acompanhados, mas devem permanecer em quarentena pois chegaram de viagem.

Coronavírus em SC: Governador planeja retomada gradativa da atividade econômica e projeta 713 novos leitos de UTI

O objetivo é adequar as medidas de isolamento à necessidade dos catarinenses com segurança.

Criciúma declara guerra contra o coronavírus e tolerância zero ao descumprimento de restrições

Ação vai intensificar as fiscalizações para cumprimento dos decretos restritivos contra a Covid-19. Comboio com carro de som e viaturas da Equipe Multi-institucional já está percorrendo os bairros da cidade para conscientização