Geral

Comarca de Forquilhinha organiza criação de grupo de apoio à adoção

O objetivo dos encontros é formar um grupo de apoio à adoção para auxiliar os casais durante a fase da espera pela chegada do tão sonhado filho

Divulgação

A comarca de Forquilhinha iniciou, na última semana, uma série de encontros com casais pretendentes à adoção já inscritos no Cadastro Nacional de Adoção e outros que estão em processo de habilitação. O objetivo dos encontros é formar um grupo de apoio à adoção para auxiliar os casais durante a fase da espera pela chegada do tão sonhado filho, a fase de aproximação e também quando iniciarem o estágio de convivência.

Segundo a assistente social Daniella Marcos Ferreira Felippe, todos os participantes mencionaram a importância de falar sobre a adoção e diminuir o preconceito que ainda existe na sociedade. Cinco casais participaram do evento, que aconteceu na terça-feira (27/8), sendo que um deles está vivenciando o início da formação de uma família, onde compareceu com seus três filhos. “As crianças deram uma aula de como falar, de uma forma leve, sobre a adoção, contaram histórias infantis para o grupo e, com sua criatividade, entregaram bonecas que havia em uma brinquedoteca aos casais que estão aguardando para ter seus filhos. Foi um momento cheio de emoção, um espaço de acolhimento e de compartilhamento de histórias”, afirmou a assistente social.

A próxima reunião do grupo já está agendada para o dia 24 de setembro, às 19h, no Fórum da comarca de Forquilhinha. A ação foi incentivada pela juíza da comarca, Luciana do Nascimento Lampert, e coordenada pela assistente social. Elas acreditam que o grupo pode contribuir para o fortalecimento do projeto adotivo, reduzir a ansiedade e ser referência de acolhimento para os pretendentes à adoção e seus familiares. Para mais informações, os interessados devem entrar em contato com o serviço social da comarca de Forquilhinha, pelos telefones (48) 3463-8310 ou 3463-8310, de segunda a sexta-feira, das 12h às 19h.

Notícias Relacionadas

Condenada na comarca de Sombrio servidora que causou prejuízo de R$ 90 mil aos cofres públicos

Os fatos aconteceram em dezembro de 2012, quando a requerida ainda integrava o quadro da administração pública em cargo de confiança

Comarca de Turvo passa a integrar o programa Rede Catarina de Proteção à Mulher

As ações não irão se limitar à cidade de Turvo, mas alcançarão os demais municípios abrangidos pela comarca - Ermo, Jacinto Machado e Timbé do Sul.

Santa Catarina tem melhor resultado na criação de emprego para julho em nove anos

Este é o segundo mês consecutivo de saldo positivo para o emprego no estado. Em 2019, já foram abertos 53.755 novos postos de trabalho, terceiro melhor resultado do país.

Homem é preso após confessar assassinato de esposa em Forquilhinha

Carro e corpo foram encontrados abandonados em uma estrada.