Poder Legislativo

Comissão da Câmara de Vereadores de Içara avaliará novos limites do município

Foto: Divulgação

Foi criada na Câmara Municipal de Içara uma Comissão Temporária de Avaliação de Marcos e Divisas do Município.

Sendo assim, a comissão promoverá estudo acerca dos marcos e divisas, com os seus municípios confinantes, objetivando o conhecimento acerca dos reais limites de Içara, bem como estudo de possíveis mudanças das linhas territoriais.

Com destaque em dois pontos, dos limites entre Içara e Criciúma na localidade de Morro Bonito, Segunda Linha. E na região da comunidade de Campo Mãe Luzia, no limite com Araranguá.

“A cidade com a emancipação do Balneário Rincão acabou ficando sem acesso há um manancial. A lagoa do Campo Mãe Luzia pode ser um recurso de água para a cidade”, explicou o autor da proposta e presidente do Legislativo, Alex Ferreira Michels. “No Morro Bonito, temos a possibilidade de uma divisa seca, que seria a via rápida. É um local que possui um grande vinculo com Içara”, completou.

A comissão terá prazo de 120 dias, sendo composta de cinco membros. Durante a votação da matéria os vereadores apresentaram mais pontos para incluírem nos estudos da comissão temporária. “É um assunto que gera muito debate, são pontos que com certeza serão considerados para as discussões”, frisou Michels.

Colaboração: Comunicação Câmara de Vereadores de Içara

Notícias Relacionadas

Reunião discute medidas para reduzir filas nas agências bancárias, em Içara

Conselhos Municipais e fim de recesso parlamentar marcam sessão da Câmara de Vereadores de Cocal do Sul

Sessão desta terça-feira (10), contou ainda com a votação e aprovação de cinco indicações e três requerimentos de interesse da população sulcocalense.

OS Criciúma está concorrendo em concurso nacional de Boas Práticas

Concurso reúne vários Observatórios Sociais do Brasil e cada um concorre com alguma boa prática executada.

Vereadores aprovam leilão de veículos, mas cobram planejamento do Governo Municipal

Segundo vereadores, a Secretaria de Agricultura ficaria sem caminhão para atender o setor. Desconto no IPTU para pagamento em cota única também é aprovado.