Geral

Comitiva da OAB participa de formatura no 28º GAC

Presidência da Ordem dos Advogados do Brasil foi recepcionada pelo coronel do quartel, Antonio José Ribeiro, e conheceu as atividades desenvolvidas no local

A formatura de 200 novos soldados do 28º Grupo de Artilharia de Campanha de Criciúma foi presenciada, ontem (14) pela manhã, por uma comitiva da subseção criciumense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O convite partiu do coronel Antonio José Ribeiro, sendo que a solenidade foi assistida após um café da manhã no quartel. “Recebo-os com os pães produzidos na nossa própria padaria. Temos a intenção de formar homens não apenas para o Exército, mas para a sociedade como um todo”, explanou.

A tropa dos formandos adentrou ao pátio do quartel com uma música especial, para não perder a memória dos combatentes de guerra. A seguir, o coronel falou aos novos soldados. “Reforço a vocês aquilo que falo todas as semanas. Nosso lema é ‘fé na missão’, portanto temos de direcionar nossa energia física e mental para que ela seja bem cumprida”, contou. “Somos uma equipe de combate, pertencemos a uma grande máquina onde não existe engrenagem mais importante. Do soldado ao coronel, todos têm seu valor, sua importância”, destacou.

Atividades desenvolvidas são apresentadas

Após a formatura e apresentação da tropa ao comandante geral do 28º GAC, o presidente da OAB, Luiz Fernando Michalak, o vice-presidente, Fábio Jeremias, e o restante da comitiva conheceram as atividades desenvolvidas no local, como o Pelotão Esperança, que tem o intuito de somar à formação da criança. “A missão do Exército é adaptada à região onde ele está inserido. Além de formar soldados, procuramos cultuar valores e mostrá-los aos jovens. Disciplina, respeito e pontualidade são alguns deles”, contou o coronel.

Para Michalak, a aproximação da OAB com o Exército é muito importante, já que as duas exercem um trabalho praticamente simultâneo, lutando em prol da sociedade. “Esta visita foi bastante proveitosa, vimos muitas coisas que nos são mostradas apenas pela mídia. A Ordem está à disposição do quartel para o que for preciso. Temos 27 comissões que lutam pela comunidade como um todo, e unindo forças seremos ainda mais fortes”, pontua. “É muito interessante conhecer a realidade do quartel e ter a certeza de que todos, juntos, lutam pelo bem e pela ordem da nossa Pátria”, complementa Jeremias.

Colaboração: Samira Pereira/Ápice Comunicação

  • a3ddebbc1f2fca2b4e9d03dd4dda9ec8
  • p1820vbgpp1r18m781l1pl41at53
  • p1820vbgpp1f2gis1vrgubt1a5v4
  • p1820vbgpp1m6f5k03bc10bi17pe5
  • p1820vbgpprp61oankpiba09ih6