Papo Psi

Como o seu psicológico pode afetar seu emagrecimento e seus resultados na academia?

Foto: Divulgação

Hoje em dia a busca pela saúde física está se tornando algo popular. Diariamente, fotos de pessoas fazendo exercício e se alimentando saudavelmente percorrem a internet. Mas existe a parcela de pessoas que, além da saúde, buscam um “corpo perfeito”. A frustração começa quando estas pessoas acabam não conseguindo alcançar os resultados esperados.

Está tudo planejado. O seu treino está organizado e a nutrição está adequada. Mas falta um detalhe que você esqueceu, ou até mesmo negligenciou: a saúde mental.

Alguns fatores psicológicos podem influenciar nos resultados esperados da dieta e academia. Os principais fatores podem estão relacionados a Transtornos Mentais. Além do Transtorno de Compulsão Alimentar (TCAP), transtornos como Depressão Maior e Ansiedade podem levar um indivíduo a consumir mais alimentos do que o necessário.

Outros fatores estão relacionados ao estresse e a falta de motivação. Se um indivíduo não está motivado a ir a academia, provavelmente, não conseguirá estabelecer essa atividade como um hábito. O estresse diário pode levar a essa falta de motivação.

Quando a pessoa está com o psicológico desequilibrado, também pode criar paranoias quanto sua rotina de exercícios e alimentação. A busca pelo físico ideal pode levar a irresponsabilidades como: fazer dietas mirabolantes sem acompanhamento e aumentar a quantidade de treino por conta própria.

Outra questão é que em muitos casos o indivíduo consegue emagrecer, mas cria a fantasia de que continuará magro para sempre, sem precisar se esforçar novamente. Isso acontece com pessoas que passaram por cirurgias bariátricas e por dietas muito intensas sem acompanhamento psicológico. Às vezes, por não querer investir em saúde mental, muitas pessoas acabam perdendo tempo e dinheiro, sem obter os resultados esperados. Pense nisso: seu corpo não é separado de sua cabeça. Para que tudo funcione bem os dois precisam funcionar bem.

Notícias Relacionadas

Inspirações para o ano novo

Bauer, Amin e Kleinübing

A baixa qualidade da educação brasileira

A professora e colunista Ana Maria Dalsasso questiona os pais sobre a qualidade da educação nas escolas públicas do país. E você, está satisfeito?

O poder da mídia

A professora e colunista Ana Maria Dalsasso avalia a relação da mídia atual com a divulgação de informações sobre o novo tipo de gripe, o H3N2, à população.