Trânsito

Comunidade de Cocal do Sul conhece projeto do Anel de Contorno Viário

Obra está orçada em quase R$ 80 milhões e possui 16,5 quilômetros passando por Urussanga, Cocal do Sul e Criciúma

Foto: Divulgação

Autoridades de Cocal do Sul e região, lideranças e moradores do município conheceram na noite desta quinta-feira (13), o projeto de engenharia para as obras de reabilitação com duplicação da rodovia SC-108, no trecho Urussanga – Criciúma e contorno de Cocal do Sul. A consulta pública organizada pelo Governo Municipal de Cocal do Sul e Departamento Estadual de Infraestrufutura de Santa Catarina – DEINFRA ocorreu no salão de festas da igreja matriz e reuniu mais de 200 pessoas.

O engenheiro Alexandre Mosimann Silveira, gerente de projetos da empresa Iguatemi, fez a apresentação detalhada do projeto. A obra possui 16,4 quilômetros. Ela inicia em Urussanga, na rótula onde passa a ferrovia e vem em direção a Criciúma. Na SC-108, no acesso a Rio Comprudente é onde começará o contorno de Cocal do Sul, passando por Linha Espanhola, atravessando a SC-442 em direção a Cocal do Sul, cruzando a estrada de Linha Cabral em direção a SC – 108 até as proximidades da SER ELIANE, no bairro Jardim das Palmeiras, e segue duplicada até o Anel Viário de Criciúma.

A Rodovia será duplicada e contará com calçada compartilhada com ciclista com larguras diferentes entre trecho rural e contorno de Cocal do Sul. “As interseções mais importantes do trecho como o início do contorno, travessia sobre a SC-442, Linha Cabral e no final do contorno, serão através de viadutos em dois níveis. Os demais locais, como na Linha Espanhola, nós iremos fazer retornos próximos para que as pessoas possam acessar a rodovia. Já nos demais bairros por onde o traçado corta faremos acessos normais com retornos nos viadutos mais importantes, alem de acesso projetados que são ligações para comunidades e propriedades rurais”, relata Alexandre.

A obra está orçada em quase R$ 80 milhões e inclui o trabalho de terraplanagem, pavimentação, drenagem, sinalização, meio ambiente, obras de arte, entre outros.

Presentes no encontro os prefeitos de Cocal do Sul, Ademir Magagnin, Urussanga Gustavo Cancellier e Morro Da Fumaça, Noi Coral, vice-prefeita Cirlene Gonçalves Scarpato, gerente de projetos do Deinfra, Juliano Pacheco, superintendente do Deinfra da região Sul, Lourival Pizzolo, presidente da Câmara de vereadores, Roseny Citttadin, vereadores, secretários municipais, moradores, técnicos, entre outros.

Para o prefeito Ademir Magagnin o município esta dando o seu primeiro e importante passo que é ter em mãos a conclusão deste projeto de viabilidade desta obra de mobilidade para a região. “Nós só temos a agradecer ao Governo do Estado por meio do Deinfra, a empresa Iguatemi pela elaboração técnica. Cocal do Sul espera e luta por esta obra há muitos anos, pois irá tirar o trânsito pesado do centro da cidade.

Segundo o gerente de projetos do Deinfra, Juliano Pacheco a execução da obra é o próximo passo. “Não temos como precisar data de início desta obra. Este projeto esta incluso para ser executado com recursos do BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento. Estamos finalizando o BID 6 com a inclusão deste projeto que poderá ser contemplado com o BID 7”, ressaltou.

Colaboração: Assessoria de Imprensa do Governo Municipal de Cocal do Sul

Notícias Relacionadas

Postos da Polícia Rodoviária mantém interdição da Serra e alegam não ter recebido comunicação oficial

Lideranças municipais de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra foram informados na manhã desta sexta-feira (01), da liberação do tráfego de caminhões até 15 toneladas na SC-390, trecho da Serra do Rio do Rastro.

Projeto de futuro loteamento pode render até R$ 35 milhões ao josefinos em Orleans

Decreto de utilidade pública expedido pela prefeitura pretende impedir possível especulação imobiliária de área estratégica. A intenção é adquirir o local para investimentos em educação, cultura, esporte e lazer

Prefeitura de Braço do Norte lança Ô de casa!, projeto que aproximará a população da administração municipal

Ao todo serão 10 encontros, que contemplará todos os bairros e comunidades braçonortenses.

Projeto Futuro Azul recebe referências nacionais para discutir saneamento e saúde

O evento será no Hotel Internacional de Gravatal na semana do meio ambiente