Trânsito

Comunidade fecha a rodovia Jorge Lacerda, em Criciúma

Objetivo é chamar a atenção do Estado para a necessidade de uma revitalização

Foto: Lucas Colombo/Especial/DN

Foram-se as chuvas, ficaram os buracos. A Rodovia Jorge Lacerda, em Criciúma, está praticamente intransitável. Nos cerca de 12 quilômetros da estrada, poucos são os livres de buracos. Por isso, por volta das 18 horas de desta quinta-feira, 8, a comunidade fechou a rodovia. Ateando fogo em pneus, os moradores bloquearam a passagem de caminhões, motos e demais veículos.

A intenção da comunidade é chamar atenção ao problema e repetir o ato até que uma solução seja tomada. “É um asfalto feito há quase 40 anos e nunca foram tomadas providências. Aqui ocorre muitos acidentes, perdas de pneus e ninguém resolve nada”, lamenta o empresário Edson Luiz Honorato, que participou do protesto.

Operações tapa buracos já estão programadas pela Agência de Desenvolvimento Regional (ADR). De acordo com o secretário executivo João Fabris, um cronograma já foi realizado junto à Setep. “Se eles rodarem asfalto amanhã (hoje), a primeira a ser beneficiada será a Jorge Lacerda. Serão necessárias ao menos 10 toneladas de asfalto”, explica.

Com informações do Site Dn Sul

Notícias Relacionadas

Estacionamento e obra parada são alvos de protesto em Laguna

Postos já registram falta de gasolina e diesel, em Orleans e Lauro Müller

Ciclistas organizam mobilização a favor de acostamentos nas SCs-441 e 100

Vice-governador garante permanência do SAER em Criciúma