Geral

Congresso Brasileiro de Carvão Mineral traz debates sobre futuro da cadeia produtiva

Evento, que ocorre de maneira online, será realizado de 29 de novembro a 3 de dezembro

Divulgação

O principal evento da indústria carbonífera no país ocorre na próxima semana. O VI Congresso Brasileiro de Carvão Mineral (IV CBCM) trará, mais uma vez, os principais nomes do setor para debater novas perspectivas e ações que estão sendo implantadas. Com o tema “Desafios para o desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva do carvão mineral”, o Congresso é uma oportunidade para que a sociedade conheça os avanços do segmento.

Realizado de maneira online para os inscritos, o Congresso ocorre entre 29 de novembro e 3 de dezembro, reunindo pesquisadores do Brasil e também do exterior, além de representantes da indústria e de órgãos governamentais.

“O Congresso é fundamental para que a massa crítica que trabalha com carvão possa apresentar para a sociedade o trabalho que vem sendo feito nos últimos anos. Com isso, mostrar que os trabalhos executados pela indústria possam ser debatidos e mostram a relevância do carvão com eficiência, criação de novos produtos e na busca de um combustível sustentável de baixo carbono”, explica o presidente da Associação Brasileira de Carvão Mineral, Fernando Luiz Zancan.

O setor carbonífero está passando por uma nova fase, promovendo a transformação energética e utilizando tecnologias de baixo carbono. “O momento do carvão requer cada vez mais a parte de tecnologia, para que possamos reduzir o carbono de nossa indústria, e esse congresso é fundamental para isso”, ressalta Zancan.

A organização do evento é da Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM), Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações, PUC/RS, Unisinos, UniSatc, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Unipampa, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul e Instituto Federal de Santa Catarina.

Programação completa

O evento inicia na segunda-feira (29) com três minicursos voltados para as áreas carboquímica, de emissões atmosféricas relacionadas ao uso do carvão e de modelação numérica de combustão de carvão.

Na terça-feira, a partir das 9h, ocorre a cerimônia de abertura com a participação do ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral, Pedro Paulo Dias Mesquita Bento, além da presidente da Associação Mundial do Carvão, Michelle Manook. A primeira palestra do dia será com a vice-presidente para assuntos internacionais do Conselho Nacional de Pesquisa da Espanha (CSIC), Angeles C. Borrego, que vai tratar de “Aplicações emergentes de carbono e perspectivas de inovação”. A manhã encerra com uma mesa redonda que vai tratar de “Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação no setor de carvão mineral” com Paulo César Rezende de Carvalho Alvim, secretário de Empreendedorismo e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (SEMPI/MCTI), o vice-Presidente de Pesquisa e Inovação Tecnológica da ABCM, Márcio Zanuz e Renato Almeida (DURAG Group).

No período vespertino, uma nova rodada de palestras debate a produção de culturas energéticas em solos contaminados, drenagem ácida, e saturação por alumínio em solo construído. Os temas serão apresentados pelos pesquisadores Ana L. Fernando (Universidade Nova de Lisboa), Ivo Schneider (UFRGS) e Daniel Pazini Pezente (UniSatc). Na sequência, serão realizadas as sessões para os trabalhos inscritos.

A programação completa pode ser vista no site do evento.

Notícias Relacionadas

Operação “Street Cleaner” é deflagrada na cidade de Lauro Müller

Com o intuito de controlar o tráfico de drogas a ação foi realizada na região de Barreiro, no distrito de Guatá

Homem é achado morto em cama de hotel em SC

Ele estava no município para o evento de uma empresa de climatizadores evaporativos; vítima foi identificada como Geraldo Paulo Marques

Bandidos esquartejam vacas para roubar carne em cidade do Norte de SC

As vacas foram esquartejadas em uma fazenda na localidade de Mafra; prejuízo deve ser de mais de R$ 35 mil

Duas cidades de SC estão entre as mais solidárias do país segundo a ONU; saiba quais

Municípios são destaque no atendimento e acolhimento a refugiados e migrantes