Geral

Conheça as 20 cidades que mais geraram empregos em SC

Joinville, no Norte de SC, que abriu 4.187 vagas, lidera o saldo de empregos nos dois primeiros meses deste ano

Divulgação

O saldo de empregos nos dois primeiros meses deste ano mais uma vez levou Santa Catarina ao topo. O Estado só perdeu para São Paulo, que conta com uma população quase sete vezes maior.

SC criou 51,9 mil vagas formais de trabalho. Todas as regiões catarinenses apresentaram saldo positivo, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Na divisão por cidades, mais de 80% registraram mais admissões do que demissões em janeiro e fevereiro.

“Se olharmos o mapa de Santa Catarina, veremos que a geração de empregos ocorre em todos os cantos do Estado. Cada região possui a sua vocação econômica, mas é gratificante ver que nenhuma delas está esquecida ou ficando para trás”, comentou o governador Carlos Moisés.

Até fevereiro, Joinville, no Norte de SC, ficou na primeira colocação na geração de empregos, com 4.187 novas vagas. Ela foi seguida por Blumenau (4.168) e Itajaí (2.664).

Abaixo, veja as 20 cidades com maior geração de emprego até fevereiro:

Joinville – 4.187 vagas
Blumenau – 4.168
Itajaí – 2.664
Itapema – 2.405
Florianópolis – 2.144
Chapecó – 1.965
Fraiburgo – 1.386
Jaraguá do Sul – 1.344
Palhoça – 1.144
Criciúma – 1.019
Gaspar – 971
Rio do Sul – 970
Caçador – 948
São João Batista – 866
Concórdia – 818
Araranguá – 752
Lages – 735
Monte Carlo – 670
Videira – 657
Brusque – 650

Setor de serviços

De acordo com análise do Observatório Fiesc, todos os setores apresentaram saldo positivo. A maior participação foi do setor de serviços, com 16,2 mil novos postos de trabalho, seguido pela indústria geral (7,1 mil), construção (3,4 mil), comércio (1,3 mil) e agricultura (465).

Na análise da Federação, o momento favorável da construção, que se estende desde 2021, contribuiu para o resultado positivo. No acumulado dos últimos 12 meses, o setor gerou 13,6 mil novas vagas. Mais da metade desses postos de trabalho se concentra na construção de edifícios, o que reflete a demanda residencial e comercial crescente no estado.

“A construção passa por um momento aquecido em Santa Catarina e no Brasil. É uma atividade que estimula toda a cadeia produtiva e acaba influenciando outros setores da Indústria. A atividade metalúrgica é um exemplo. O setor tem mantido as maiores taxas de crescimento da indústria catarinense em forte relação com a demanda da construção”, avalia o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar.

No ranking entre os Estados, a indústria da transformação catarinense ficou com a terceira posição em fevereiro na geração de postos formais, com 6.839 novas vagas criadas. No acumulado do primeiro bimestre, Santa Catarina tem o segundo melhor resultado geral entre os estados, com a criação de 51.906 novas vagas.

Segundo o economista do Observatório Fiesc, Maicon Luiz Brand, outro setor industrial que se beneficia da expansão da construção é o de madeira e móveis, em especial a atividade de fabricação de produtos de madeira.

“Além da elevada demanda externa para esses produtos, a demanda doméstica da construção segue em elevação, sobretudo para novas obras. Em 2022, o setor de madeira e móveis já gerou mais de 2,7 mil novas vagas formais de trabalho”, avalia.

O setor têxtil, confecção, couro e calçados também apresentou destaque em fevereiro, com a geração de 2.086 novas vagas formais de trabalho, impulsionada pela atividade de confecção de artigos do vestuário e acessórios.

O retorno das atividades presenciais em diversas empresas, negócios e escolas vêm impulsionando as vendas no setor, que pode também ser observado no crescimento da produção industrial, bem como na criação de vagas de trabalho.

Com informações do ND+

Notícias Relacionadas

Covid-19: chega ao fim estado de emergência em saúde pública no Brasil

Segundo o governo, nenhuma política pública de saúde será interrompida

Homem de 57 anos é preso após tentar beijar menina de 11 anos à força, em Orleans

Fato ocorreu na Rua Aristiliano Ramos, na tarde deste sábado, dia 21.

Número de transplantes de rim caiu nos últimos dois anos

Sociedade Brasileira de Urologia lançou campanha para estimular doação

PM de Criciúma efetua apreensão de mais de 20 quilos de maconha

A droga foi localizada na noite do último sábado, dia 21