Geral

Conselho Fiscal da Coopercocal terá duas chapas na disputa

A eleição está marcada para o dia 27 de fevereiro, de forma presencial, no Colégio Estadual Professor Padre Schuler.

Divulgação

Depois de mais de 10 anos, a disputa pelo Conselho Fiscal da Cooperativa Energética Cocal do Sul – Coopercocal para o exercício 2021 terá duas chapas. A eleição está marcada para o dia 27 de fevereiro, de forma presencial, no Colégio Estadual Professor Padre Schuler.

A Chapa 1 é composta pelos integrantes efetivos: Joel Gaspar Rodrigues, José Carlos da Silva e Marcos Elias Possamai Della e como suplentes: Wilmar José Piucco, Carlos Alberto Caetano e Lenoir Donato dos Santos.

Já a Chapa 2 conta com Eduardo Fontanella, Reinaldo Gurkewicz e Adão Salvato como membros efetivos e Alessandro Carara Antunes, Jaison Vieira (BARRETO) e Lucivaldo da Silva Castagnetti como suplentes.

A Assembleia Geral Ordinária que tem como um dos principais assuntos a prestação de contas referentes ao ano de 2020 acontecerá um dia antes, 26 de fevereiro, às 17h em primeira convocação e às 18h em segunda. Ela será realizada de forma virtual. Durante a Assembleia também será colocado em votação a autorização para contratação de financiamento até o limite de 15 Milhões de Reais a ser utilizado na construção de rede de transmissão em tensão de 69kV do município de Siderópolis a Cocal do Sul.

CHAPA 2  propõe atuação técnica e transparente

Uma proposta alternativa de renovação e transparência define a Chapa 2 para o Conselho Fiscal da Coopercocal. Formada por membros com perfil técnico e qualificado, os integrantes propõem uma atuação imparcial e, principalmente, comprometida com a gestão financeira da Cooperativa.

A atividade do Conselheiro Fiscal é tarefa essencial para garantir a saúde econômico-financeira da cooperativa. É ele o verdadeiro guardião da execução da estratégia e do orçamento, o que impacta diretamente o retorno social e econômico esperado pelos cooperados.

“Nós não somos uma chapa de oposição à atual administração, pelo contrário. Representamos a renovação, o novo. Reconhecemos o trabalho que vem sendo feito pelo atual presidente, o Belha e queremos contribuir de forma técnica para que os serviços possam ter cada vez mais qualidade, segurança e economia. Entendemos que o modelo de Conselho Fiscal deva ser independente e totalmente comprometido com os anseios do cargo para de fato haver a fiscalização de toda a parte financeira e ajudar a nossa Cooperativa a prosperar cada vez mais”, ressalta o membro Eduardo Fontanella.

Conforme o integrante Alessandro Carara o propósito da Chapa 2, além de fiscalizar é propor melhorias na gestão financeira. “Queremos agregar no intuito de evitar eventuais gastos que possam ser poupados, a fim de reduzir ainda mais o custo da energia e/ou pensar na distribuição de sobras periodicamente. A CHAPA 2 será o novo em prol de aperfeiçoamento dos atos da atual gestão da Cooperativa”, finaliza.

CONHEÇA OS INTEGRANTES DA CHAPA 2

Membros Efetivos

1 – Eduardo Fontanella: é casado com Taciana Cristina Possamai Della Fontanella e trabalha na Eliane Revestimentos Cerâmicos há mais de 35 anos. É de Cocal do Sul e tem formação em Administração de Empresas, com pós-graduações nas áreas de Redes de Computadores, Governança de TI e MBA em Gestão Empresarial. Também é sócio proprietário da Galli Fontanella Incorporadora e Construtora.

2 – Reinaldo Gurkewicz é casado com Ana Paula Cesconetto, pai do João Lucas e morador da comunidade de Rio Carvão, em Urussanga. Possui formação técnica em manutenção elétrica/mecânica e é Graduado em Administração. É gerente da empresa Urussanga Minérios.

3 – Adão Salvato é Sargento da Reserva da PMRv. Casado. Residente em Cocal do Sul desde 1980. Bacharel em Educação Física pela Unesc. Palestrante em Educação Para o Trânsito.

Membros Suplentes

1 – Alessandro Carara Antunes é casado com Angela Kuntz Nandi, filho de Olga Carara e Leopoldino Antunes. É Engenheiro Agrônomo pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). Atuou em indústria química, agropecuária, produção de mudas florestais e como secretário municipal de obras e agricultura.  Recentemente, formou- se em TTI (Técnico em Transações Imobiliárias).

2 – Jaison Vieira (BARRETO) é morador da comunidade de Santana, em Urussanga. Casado com Cintia Ceron Vieira, pai de Karoline. É formado em Técnico em Comercialização e Mercadologia, Técnico em Segurança do Trabalho e possui nível Superior em Gestão Ambiental. Trabalhou na empresa Plaszom por 8 anos,  atualmente trabalha na MINAPLAST, na função de Téc. Em Segurança do Trabalho, há 14 anos.

3 – Lucivaldo da Silva Castagnetti, casado com Edina da Silva, pai da Letícia e residente no município de Cocal do Sul desde 1979.  Viveu nos Estados Unidos por 20 anos onde atuou em diferentes segmentos e foi proprietário de uma empresa de construção e pintura por 13 anos. Hoje é comerciante. Possui duas lojas de Assistência Técnica para Celulares, uma em Cocal e outra em Urussanga.

Notícias Relacionadas

MPSC alerta que aulas presenciais são atividades essenciais e não podem ser suspensas sem, antes, a proibição de outras atividades

Fechamento das escolas, por si só, sem que outras restrições de mesma ordem sejam estabelecidas, dificilmente impactará na transmissão comunitária do vírus

Monitora de estacionamento rotativo é agredida em Araranguá

Boletim de Ocorrência foi registrado nessa semana, na Polícia Civil de Araranguá.

Secretário faz balanço da atuação da força-tarefa de fiscalização do decreto

As equipes mobilizadas realizaram dezenas de orientações, mas também determinaram o encerramento de alguns eventos e aglomerações.

Homem furta trailer e se envolve em acidente em Orleans

Ocorrência foi registrada por volta das 00h30 desta quinta-feira (4)