Geral

Construção de barragem é concluída na Pequena Central Hidrelétrica de São Martinho

Mais um importante passo em direção ao fim das obras da PCH Capivari foi dado na última semana. Na sexta-feira, 20, foram concluídas as obras da barragem. Agora, faltam apenas alguns detalhes para que a inundação seja possível, inclusive a liberação da Fundação do Meio Ambiente (Fatma).

Segundo o engenheiro responsável, Fabio Dyck, com a vasão atual, assim que as comportas forem fechadas serão necessários dois dias e meio para encher o lago. O engenheiro ainda fala sobre a qualidade da barragem, que tem 32 metros.

“Pessoal de São Martinho me questiona muito sobre a barragem, mas podem ficar tranquilos porque foi muito bem feita. O imprevisto que tivemos com o desmoronamento do túnel acabou servindo como teste para a barragem, já que, durante seis meses, o rio passou por cima da barragem e as perdas foram desprezíveis, então pode colocar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilo”, garante.

Ainda conforme o engenheiro, as obras da barragem ocorreram de forma rápida este ano em relação ao ano passado. “No ano passado inteiro não aplicamos 10 metros de altura de barragem. Tanto por causa do imprevisto com o túnel como também por causa da chuva. Já nestes cinco meses deste ano, lançamos 22 metros de altura”, afirma.

Ao longo da construção da PCH Capivari, uma parceria entre a Cooperativa de Eletrificação de Braço do Norte (Cerbranorte) e a Urbano Agroindustrial, chegaram a trabalhar na obra aproximadamente 130 funcionários.

Para o presidente da Cerbranorte, Antônio José da Silva, o Toninho, é uma alegria estar encerrando mais esta etapa. “É uma satisfação muito grande poder estar à frente da Cerbranorte em um momento importante como este, em que mais uma etapa desta tão esperada obra é finalizada. Esperamos que em breve possamos inaugurá-la e concretizar este sonho”.

Sobre a barragem

A barragem da Pequena Central Hidrelétrica Capivari é uma barragem de enrocamento com núcleo em argila. Ela tem 32 metros de altura. Sua base tem 100 metros de largura e 100 de comprimento, já seu topo tem 8 metros de largura e 200 de comprimento.

Foram utilizados, aproximadamente, 220 mil metros cúbicos de entulho, entre rocha e argila para a construção da barragem. Algo em torno de 18.334 caminhões de material. 

Colaboração: Elizangela De Bona Laurindo – Assessoria de Imprensa da Cerbranorte

 

  • 36e9e95217751747f71f1622c04349a4
  • 99e5f58b795681848ed8e2f8b6f7f086
  • 5dfc4b7fe45c6969df2734d03b70f100
  • 510536fe63382679be75d52838995d8a
  • 6255bec1a66d1b095934042e81849862