Geral

Construção do Centro do Idoso de Criciúma com obras bastante avançadas

Previsão é que o empreendimento fique pronto no segundo semestre deste ano

Divulgação

Projetado pela Prefeitura de Criciúma, o Centro de Convivência da Terceira Idade (CCTI), conhecido também como o Centro do Idoso, está sendo construído em ritmo acelerado, e nos próximos meses deve entrar em fase de acabamento e detalhes. A expectativa é que a partir do segundo semestre o espaço já esteja funcionando e atendendo a população idosa do município com atividades de lazer.

O empreendimento fica localizado no Parque das Nações Cincinato Naspolini, no bairro Próspera, e possui uma área de 1.546,21 m², que está dividida em três blocos: A, B e C. “Nesse momento, a equipe está rebocando o bloco A e em breve irá instalar as telhas metálicas. Há pouco também foram concluídos os serviços de concretagem das lajes e vigas superiores do bloco B. Já no bloco C estão sendo preparadas as formas para posterior concretagem”, explicou o secretário de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Tita Belloli.

Após a conclusão dessa etapa, as obras entrarão em fase de acabamentos e detalhes. “Estamos trabalhando constantemente para finalizar a etapa bruta da obra e depois iniciarmos a colocação de esquadrias, vidros e a pintura do local”, informou o chefe da pasta.

Investimento

O espaço recebeu investimento de R$ 3.5 milhões oriundo de um convênio entre o Governo de Criciúma e o Fundo de Desenvolvimento Municipal (Fundem), Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Criciúma e Ministério Público do Trabalho (MPT).

Notícias Relacionadas

Vacinação em SC: 290 mil doses da vacina contra a Covid-19 foram aplicadas nos grupos prioritários

Os grupos prioritários que estão sendo vacinados neste momento são: os trabalhadores da saúde, os idosos e pessoas com deficiência institucionalizados, a população indígena e os idosos com mais de 80 anos.

Plataforma de Inovação será lançada na segunda-feira (08/03)

Força tarefa resgata 18 pessoas em situação análoga à de escravidão e outras em trabalho clandestino em SC e no RS

Uma operação em propriedades de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, tendo como base o município de Lages, encerrou na última terça-feira com um saldo de 25 trabalhadores em situação análoga à de escravo e/ou na clandestinidade.

Pavimentação: rua Osvalda Cunha recebe camada asfáltica

Hoje foi dia do bairro São Francisco de Assis, rua Osvalda Cunha, receber a pavimentação