Geral

Consumidor pode estar pagando até 1512,2% a mais em produtos semelhantes

Procon de Criciúma realizou uma pesquisa de preços em dez supermercados da cidade. Órgão analisou 51 mercadorias que integram a cesta básica.

Foto: Émerson Justo/Arquivo Decom

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Criciúma realizou, entre a última segunda-feira (27) e quarta-feira (29), uma pesquisa de preços em dez supermercados do município. Os profissionais do órgão analisaram produtos que integram a cesta básica, além de itens de hortifrúti, limpeza e higiene pessoal comercializados nos estabelecimentos.

Entre as mercadorias analisadas, enquanto uma esponja é vendida a R$ 0,49 em um local, em outro estabelecimento custa R$ 7,90, registrando variação máxima de 1512,2%. Conforme o coordenador do Procon de Criciúma, Gilberto Santos, a iniciativa demonstra a importância de realizar pesquisa de preços antes de efetuar uma compra. “A pesquisa em supermercados diferentes pode significar uma economia maior no orçamento familiar”, explica.

Os profissionais do Procon de Criciúma analisaram 24 produtos alimentícios, 18 itens de hortifrúti e nove mercadorias de higiene e limpeza. “A variação média de preços para produtos da mesma natureza foi de 525,6%, o que registra uma diferença significativa entre os supermercados de Criciúma”, comenta Santos.

O Procon de Criciúma atende de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h. O órgão está localizado na rua Henrique Lage, n° 267, no Centro. Dúvidas podem ser solucionadas pelo telefone (48) 3445-8522 ou através do site www.criciuma.sc.gov.br/procon.

Colaboração: Fagner Santos – Decom Prefeitura de Criciúma

Notícias Relacionadas

Procon autua posto de combustíveis por preço abusivo em Criciúma

Operação irá fiscalizar 40 estabelecimentos do município, três já foram autuados.

Tribunal de Justiça mantém multa superior a R$ 1 milhão aplicada por Procon em financeira de Criciúma

A empresa foi penalizada, na seara administrativa, por práticas contrárias às normas consumeristas

PRF recupera produtos furtados de shopping center de Tubarão e prende cinco pessoas

Os policiais viram que no veículo havia grande quantidade de produtos novos, totalizando aproximadamente R$ 5.000,00, sem etiqueta e sem preço.

Procon fecha dois postos que vendiam gasolina adulterada em Laguna

O órgão interditou os estabelecimentos nesta quinta-feira (4), e irá solicitar à Secretaria da Fazendo a suspensão do alvará de funcionamento por cinco anos.