Educação

Coopercocal lança projeto em escolas para conscientizar crianças sobre o consumo de energia elétrica

Estudantes de 4 a 11 anos da rede de ensino pública e privada da região serão contemplados com o projeto "Coopercocal nas Escolas".

A partir dos próximos dias, estudantes de 4 a 11 anos da rede de ensino pública e privada da região serão contemplados com o projeto Coopercocal nas Escolas.

A iniciativa visa conscientizar as crianças sobre o uso racional da energia elétrica. O lançamento do projeto aconteceu na noite desta quarta-feira (24), na sede recreativa da cooperativa de eletrificação, em Cocal do Sul.

No ato, lideranças dos municípios de abrangência da Coopercocal se fizeram presentes, além de representantes dos Fóruns das Comarcas de Urussanga e Criciúma.

O projeto contemplará estudantes de 19 escolas públicas e privadas de Cocal do Sul, Urussanga e Criciúma. “O projeto inclui a participação dos familiares do aluno, professores e também da comunidade. Serão ministradas palestras, além de uma apresentação teatral com fantoches, abordando o tema voltado ao uso consciente da energia elétrica. As atividades do dia finalizam com um delicioso lanche a todos os presentes, juntamente com a entrega de kits educativos”, explica uma das responsáveis pelo projeto, Elizete Fritzen.

As crianças poderão participar ainda, do concurso promovido pela Coopercocal junto as escolas e concorrem a diversos prêmios.

Durante o evento de lançamento, o mentor do projeto Hesmezenrik Giordani Nunes enalteceu alguns dados que justificam a aplicação do projeto com as crianças. “Cerca de 90% da energia consumida no Brasil é de fontes renováveis, em especial de hidrelétricas. Se motivarmos a consciência em nossos filhos e netos, eles atuarão como agentes fomentadores da economia de energia. A meta da Coopercocal é deixar um legado de conhecimento, da conscientização de que o futuro dependerá deles. Educar para o uso racional da energia elétrica”, lembrou Nunes durante palestra no evento.

Para motivar ainda mais o interesse das crianças, além do teatro apresentado pelos próprios colaboradores da Coopercocal, um mascote foi criado para deixar o momento mais lúdico: o Benjamin.

“Acredito que a Coopercocal foi feliz na realização deste projeto. Estaremos contribuindo com o associado e com a preparação de crianças conscientes ao abordamos o tema nos colégios. Estamos muito satisfeitos e não mediremos esforços para apresentar alternativas que visam melhorar o dia-a-dia do nosso associado”, enaltece o presidente Altair Lorival de Melo que, ainda agradeceu o empenho de todos os colaboradores da Coopercocal no projeto.

Junto a sua filha de 10 anos, o juiz de direito responsável pela Vara da Infância e Juventude da Comarca de Criciúma, Giancarlo Bremer Nones aprovou a iniciativa por parte da cooperativa. “As crianças se tornarão agentes da mudança. Vão levar este conhecimento da escola para casa e cobrar dos seus pais medidas de economia. Isso produzirá bons resultados a curto prazo”, enfatiza.

Estarão envolvidos no projeto mais de 3,2 mil alunos. A primeira instituição de ensino a receber a visita da equipe da Coopercocal é a Escola Municipal Padre José Francisco Bertero, do bairro São Simão, em Criciúma.

 

  • 1ffe1d0a2741eca54648540507df6818
  • 8f070df6c577c1679c85b762b1f24374
  • 241a202cb32cdad97fa91f691cbd921e
  • 11c3ac6fd2a43d70654a4c733088de59
  • b68360bb88a3b2701ac16751a43fa2c8
  • dafcc341a662cf82aa7c0a3515ceb9be