Esporte

Coronavírus em SC: Nova Portaria define critérios para retomada das práticas esportivas

Portaria regulamenta as práticas de esporte de rendimento, participação de lazer e educacional, de acordo com as modalidades.

Divulgação

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) publicaram nesta terça-feira, 27, uma portaria conjunta que define critérios para retomada das competições, treinamentos esportivos e práticas esportivas em Santa Catarina de acordo com as medidas de enfrentamento da disseminação da Covid-19. O assunto será tratado em uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 28.

“Viemos avançando nas discussões e hoje mais uma vez, em relação aos esportes, trazemos novas medidas, com todos os cuidados para que as pessoas tenham suas práticas esportivas asseguradas”, ressaltou a governadora Daniela Reinehr.

A Portaria nº 441 revoga a Portaria Conjunta nº 386, de 12 de abril, e regulamenta as práticas de esporte de rendimento, participação de lazer e educacional, de acordo com as modalidades. Ela ainda leva em consideração a Matriz de Risco Potencial Regional.

Com informações do site Notisul

Notícias Relacionadas

Prefeito de Nova Veneza assina decreto de formação da Comissão de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus

Nova Veneza não tem casos confirmados da doença, apenas pessoas em isolamento domiciliar que já foram acompanhados, mas devem permanecer em quarentena pois chegaram de viagem.

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Coronavírus em SC: Governador planeja retomada gradativa da atividade econômica e projeta 713 novos leitos de UTI

O objetivo é adequar as medidas de isolamento à necessidade dos catarinenses com segurança.