Segurança

Corpo carbonizado é encontrado à margem da BR-470 em SC; polícia suspeita de assassinato

Perícia investiga se corpo é de jovem desaparecida na cidade há um mês

Foto:Divulgação

Um corpo completamente carbonizado foi descoberto no início desta semana às margens da BR-470, em Navegantes. Autoridades policiais estão tratando o caso como homicídio, conforme informações divulgadas pela Polícia Civil.

A perícia da Polícia Científica já está em andamento para realizar os exames necessários visando a identificação da vítima, cujos indícios sugerem ser uma mulher. A descoberta macabra mobilizou equipes de policiais civis, científicos e militares, que estiveram presentes no bairro São Paulo durante a manhã de segunda-feira (26).

De acordo com o delegado Roney Péricles, responsável pelo caso, devido ao estado avançado de carbonização do corpo, a identificação inicial não foi possível no local. No entanto, análises preliminares indicam que a vítima pode ser do sexo feminino.

O caso ganha contornos mais sombrios considerando que há cerca de um mês familiares relataram o desaparecimento de uma jovem de 17 anos na região. A perícia recolheu amostras para comparar com o material genético da possível vítima, visando confirmar a identidade nos próximos dias. Roney enfatizou que, embora as investigações estejam em estágio inicial, as evidências apontam fortemente para um homicídio.

A cena do crime, envolta por uma vegetação densa, não apresentava vestígios dos materiais usualmente associados a incêndios. Segundo o delegado, isso sugere que a vítima pode ter sido assassinada em outro local e posteriormente abandonada nas proximidades da rodovia, em uma área conhecida pela presença de usuários de drogas.

“Precisamos de agilidade nas perícias devido à urgência de oferecer respostas à sociedade diante da gravidade deste caso”, afirmou o delegado Roney, ressaltando a crueldade do ocorrido.

Notícias Relacionadas

Corredor Ecológico da Serra Geral pode afetar prática agrícola na região

Alerta foi feito pelo advogado e geógrafo Eduardo Bastos Moreira Lima.

Integrantes de organização criminosa são presos por mutilar brutalmente os dedos de uma mulher em Tubarão

A agressão, que foi filmada pelos criminosos, foi motivada por dívida de drogas.

Corpo de Bombeiros de Lauro Müller combate incêndio em caminhão

Havia outros caminhões próximos e, felizmente, colaboradores da empresa conseguiram controlar as chamas até a chegada dos profissionais

Fortaleza pretende acionar Justiça para ter Kayzer