Geral

Corpo de Bombeiros Militar de Criciúma alerta sobre cuidados com trabalhos em altura

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) orienta para o uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) da forma correta

Divulgação/Bombeiros Militares

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) são um aliado na hora de manter a segurança de trabalhadores que exercem suas atividades em áreas que possuem risco à saúde e integridade física. Em Criciúma, do dia 30 de julho até o dia 10 de agosto o 4º Batalhão de Bombeiros Militar (4º BBM) atendeu pelo menos duas ocorrências de acidentes de trabalho envolvendo vítimas penduradas em andaimes.

Para o setor de Instrução e Ensino do 4º BBM, o uso dos equipamentos é indispensável. “Por mais que alguns equipamentos pareçam desnecessários, é quando necessitamos deles que percebemos sua eficácia”, ressaltou o cabo BM Everton Vitorino Gomes.

“Temos presenciado um aumento de ocorrências envolvendo acidentes de trabalho em altura. Felizmente, os que registramos nos últimos dias não ocorreram óbitos, pois os trabalhadores ficaram presos nos equipamentos de segurança até a chegada da guarnição de socorro”, destacou Vitorino.

De acordo com o chefe do setor de Instrução e Ensino, capitão BM Samuel Ambroso, existe uma atenção voltada para as ocorrências desse gênero. “Todas as ocorrências de acidentes de trabalho registradas na área do 4º BBM, que atende de Urussanga a Passo de Torres, nós repassamos para o Ministério do Trabalho”, completou.

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) orienta para o uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) da forma correta, sendo os principais: capacete com jugular, cinto tipo paraquedista para trabalho em altura, óculos de proteção e trava quedas. Em caso de emergências acione o CBMSC pelo telefone 193.

Notícias Relacionadas

Secretaria de Saúde de Criciúma reforça chamado de gestantes, puérperas e crianças para vacinação contra influenza

Agentes Comunitários de Saúde visitarão as residências para monitoramento e intensificação de informações por causa da baixa adesão à campanha nacional

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Tribunal de Justiça catarinense confirma pena para empresário que vendeu pipoca com rato dentro em Criciúma

Uma das vítimas, após ingerir a pipoca, teve intoxicação alimentar aguda causada por alimento contaminado.

Quatro adolescentes criam startup para fiscalizar os poderes de Criciúma

O objetivo dos jovens é reunir informações dos poderes Legislativo e Executivo do município de Criciúma em uma plataforma mais acessível.