Segurança

Corpo é encontrado em matagal em Florianópolis

Na mesma região, agentes localizaram casa que teria sido usada como esconderijo de drogas

Giroflex PM foto noturna

Divulgação

A Delegacia de Homicídios de Florianópolis investiga o caso de um corpo encontrado em estado adiantado de decomposição em um matagal na comunidade Nova Descoberta, no Maciço do Morro da Cruz, no Centro da Capital. Até às 10h desta quinta-feira (14), não havia informações sobre a identificação da vítima. 

Segundo as informações repassadas, o corpo foi encontrado por agentes por volta de 11h, nesta quarta-feira (13). A suspeita é de que o cadáver estava há mais de 30 dias no local, pela impossibilidade de identificar o sexo da pessoa. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). A Polícia aguarda o laudo para saber a causa da morte. 

Ainda na manhã desta quarta, a Polícia Civil localizou uma casa de madeira na mesma comunidade, que teria sido usada como esconderijo de drogas. Apesar disso, segundo a Polícia, os casos não são relacionados. Foram aprendidos cerca de dois quilos de maconha, 50 gramas de cocaína, 25 micropontos de LSD e duas balanças de precisão. 

A localização foi feita após denúncias anônimas. Participaram da ação policiais dos Núcleos de Operações Com Cães de Florianópolis, São Lourenço do Oeste e Criciúma, além do Canil Central da Acadepol. Agentes de outras cidades estão na Capital em apoio à Operação Verão Seguro, na temporada 2020/2021. 

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Carro pega fogo após colisão na Avenida Patrício Lima, em Tubarão; VEJA VIDEO

Os bombeiros estão no local e controlaram as chamas

Proposta de participação de agricultores de SC no Programa de Aquisição de Alimentos foi aprovada pelo governo federal

Secretaria de Saúde programa plano operacional da vacinação contra a Covid-19 em Lauro Müller

A vacinação vai iniciar com idosos acima de 75 anos e profissionais de saúde, no primeiro momento. A partir daí novas etapas serão realizadas com outras idades e grupos

Polícia Civil de Criciúma finaliza investigação por roubos e homicídio e um homem é preso

Os investigados, 24 e 23 anos, são apontados como autores de roubo contra um taxista no bairro Presidente Vargas em Içara