Geral

Covid-19: Amrec sobe do nível alto para o grave

Com a nova classificação, a Amrec subiu do nível alto (amarelo) para o grave (laranja) e se igualou à Associação do Extremo Sul Catarinense (Amesc) e Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel).

Divulgação

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) atualizou o estágio em que se encontra a Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) na matriz de risco de contágio ao coronavírus. Com a nova classificação, a Amrec subiu do nível alto (amarelo) para o grave (laranja) e se igualou à Associação do Extremo Sul Catarinense (Amesc) e Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel).

De acordo com o documento, o aumento de casos dificulta o trabalho dos profissionais de Vigilância Epidemiológica. “Dessa forma, é necessário aplicar ações que reduzam o contato entre as pessoas como a restrição do funcionamento das atividades. Os boletins são anunciados pela Central de Operações de Emergência em Saúde do Estado.

Atualização semanal

A partir da Portaria publicada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), de 3 de Julho, ficou instituído o Programa de Descentralização e Regionalização das Ações de Combate à Covid­19 em Santa Catarina. A Portaria SES no. 592 de 17 de agosto de 2020 estabelece a classificação semanal como balizadora das medidas a serem adotadas. Desde o dia 1 de outubro a atualização dos indicadores e medidas apontam para uma nova leitura de resultado. Cada dimensão é um alerta.

Nas demais regiões

A atualização do risco potencial das regiões do estado explicita as regiões da Grande Florianópolis, Meio Oeste e Xanxerê em risco gravíssimo. Doze regiões do estado encontram-se em nível grave de risco para Covid-19 e uma em alto risco. A Grande Florianópolis está classificada em nível gravíssimo pela segunda semana consecutiva.

Com informações do site TNSul

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

Estado garantirá tratamento anual de R$ 2,7 milhões a criança de Laguna com AME, decide TJ

De acordo com os autos, a perícia médica comprovou que a criança, natural de Laguna, precisa do remédio e que inexiste, na rede pública de saúde, tratamento para a doença.

Coronavírus em SC: Governo do Estado estabelece novas medidas para o transporte aquaviário e comércio de refeições nas rodovias

A comercialização de refeições pode ser feita por restaurantes localizados às margens das estradas e oferecida exclusivamente para profissionais de serviços considerados essenciais pelo Governo do Estado, incluindo nesta categoria os transportadores de carga responsáveis pelo abastecimento e transbordo de insumos da saúde.

Respiradores: PGE aguarda depósito de mais R$ 2 milhões em favor do Estado a partir desta segunda

Com o depósito, o valor recuperado chega a 40% do total