Litoral

Covid-19: Baile funk com milhares de pessoas é encerrado pela PM em comunidade de Florianópolis

PM diz que havia 5 mil pessoas em comunidade e que químicos foram usados para dispersar multidão. Garrafas de vidros e tiros foram disparados contra os policiais.

Divulgação

Um baile funk com centenas de pessoas aglomeradas foi encerrado pela Polícia Militar em Florianópolis na madrugada deste domingo (23). Produtos químicos foram usados para dispersar a multidão estimada em 5 mil participantes, segundo a PM.

Os policiais foram até o local após receberem denúncias de baile funk na comunidade do Morro do Mocotó. Garrafas de vidro foram jogadas contra os policiais e tiros foram disparados em direção às guarnições quando chegaram no local. Não houve registro de feridos.

Ainda segundo a PM, as pessoas também não usavam máscara. Após a dispersão da multidão, as ruas ficaram com muito lixo (veja as fotos mais abaixo).

Equipamentos de som foram apreendidos no local. Os responsáveis por organizar o evento assim como as pessoas que teriam atirado contra os policiais não foram identificadas e não houve prisões. A PM não detalhou quantos policiais foram enviados para interromper a festa irregular.

Ainda em Florianópolis, outros dois estabelecimentos também foram flagradas com aglomerações e foram interditados pela prefeitura neste fim de semana.

Situação grave por causa da Covid

Florianópolis fica na única região catarinense em situação grave para a doença. As outras 15 regiões de saúde do estado estão em situação gravíssima por causa da Covid-19.

Segundo decreto estadual, eventos podem ocorrer, mas não de madrugada e com limite de público, além de ser necessários distanciamento e uso de máscara. Veja aqui todas as regras.

Santa Catarina tem 946.457 casos de Covid confirmados, sendo que 14.789 pessoas não resistiram e morreram por causa da doença.

Com informações do site G1/SC

Notícias Relacionadas

Colisão frontal deixa dois em estado grave na SC-108, entre Orleans e Urussanga

Um dos motoristas ficou preso às ferragens e teve o carro cortado para ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

Comissão organizadora discute medidas de segurança para a Agromel, em Içara

Idosa é estuprada após assalto, em Timbé do Sul

Proprietário de lavação é preso por tráfico de drogas em Orleans

Na delegacia, o acusado confirmou que entregou 15 gramas de crack para o usuário em troca de um Fiat Uno com problemas mecânicos.