Saúde

Covid-19: Brasil tem 173,8 mil mortes e 6,38 milhões de casos

Mais de 5,6 milhões conseguiram se recuperar da doença

Divulgação

As mortes causadas pela pandemia do novo coronavírus chegaram a 173.817. Entre ontem (30) e hoje (1º), foram registrados 697 novos óbitos. Ainda há 2.163 mortes em investigação.

O número de casos acumulados de covid-19 atingiu 6.386.787. Em 24 horas, foram registrados 50.909 diagnósticos positivos para a doença.

Os novos dados sobre a pandemia estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada em entrevista coletiva nesta terça-feira. O balanço é formado a partir de informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde.

Ainda conforme a atualização o ministério, há 556.472 pacientes em acompanhamento. Outras 5.656.498 pessoas já se recuperaram da doença.

Em geral, o número de casos é menor aos domingos e segundas-feiras em função da dificuldade de alimentação pelas secretarias estaduais de saúde. Já às terças-feiras, eles podem subir mais em função do acúmulo de registros.

Estados

A maioria das mortes foram registras em São Paulo (42.290), Rio de Janeiro (22.683), Minas Gerais (10.051), Ceará (9.629) e Pernambuco (9.056). As unidades da federação com menos óbitos pela doença são Acre (726), Roraima (728), Amapá (810), Tocantins (1.167) e Rondônia (1.567).

Notícias Relacionadas

Criminosos carneiam vaca prenhe em propriedade de Lauro Müller

O animal, que pesava por volta de 390 quilos, foi abatido no local e toda a carne foi levada.

Celebre com o Blume Motel: reserve uma suíte decorada e ganhe um espumante

Em comemoração ao aniversário de um ano, durante o mês de junho, as reservas com decoração especial entre segunda e quinta-feira ganham de brinde um espumante Moscatel Rosé.

Candidatas à Rainha da VIII Cocalfest se reúnem em primeiro encontro

As meninas se reuniram no sábado (19) em um café com os jurados para se conhecerem e conhecerem como irá funcionar a edição deste ano

Covid-19: Consequências cerebrais devem ser observadas, alerta neurocirurgião

Após contrair o vírus várias pessoas relatam desde queda de cabelo, cansaço, passando por dores de cabeça frequentes, diminuição da capacidade de raciocínio, de memória, entre outros tipos de sequelas e sintomas, alguns duradouros e persistentes