Saúde

Covid-19: Brasil tem 5,87 milhões de casos e 166 mil mortes

Número de recuperados ultrapassa 90%; Saúde investiga 2.392 óbitos

Divulgação

As mortes em razão da pandemia do novo coronavírus chegaram a 166.014. Nas últimas 24 horas, foram registrados 216 novos óbitos. Ontem, o painel de estatísticas marcava 165.798 vidas perdidas. Segundo o boletim atualizado divulgado hoje (16) pelo Ministério da Saúde, existem 2.392 mortes em investigação.

O balanço apontou também 388.044 pacientes em acompanhamento. Outros 5.322.406, equivalentes a 90,6% do total de infectados, já se recuperaram da doença.

Os casos de pessoas infectadas pelo coronavírus ao longo da pandemia alcançaram 5.876.464. Entre ontem e hoje, as autoridades de saúde notificaram 13.371 novos diagnósticos positivos para a covid-19. Ontem, o sistema de informações para a pandemia trazia 5.863.093 casos acumulados.

Os casos e mortes são menores aos domingos e segundas-feiras em função da limitação de sistematização dos dados e alimentação do painel do MS pelas secretarias estaduais aos fins de semana. Já às terças-feiras os números diários tendem a subir pelo acúmulo de casos do fim de semana reportado neste dia.

Estados

Os estados com mais mortes são São Paulo (40.576), Rio de Janeiro (21.301), Minas Gerais (9.517), Ceará (9.440) e Pernambuco (8.838). Após semanas com o ranking de estados estabilizado, Minas Gerais passou o Ceará e assumiu a terceira colocação. As Unidades da Federação com menos casos são Roraima (706), Acre (708), Amapá (780), Tocantins (1.137) e Rondônia (1.503).

Notícias Relacionadas

Corrida e Caminhada da Saúde será neste domingo, em Orleans

Ação conta com opções de 10 e 5 quilômetros e tem saída e chegada na Praça Celso Ramos.

Secretaria de Saúde lança ferramenta para facilitar acesso a medicamentos pelo SUS

Medicamentos são destinados para tratamento precoce de problemas comuns

Adolescente é morto durante troca de tiros com a PM em SC

Polícia realizava operação para cumprir mandado de prisão contra um homem

Prefeitura de Criciúma fomenta economia com pagamento do 13º salário

Recurso destinou R$ 8 milhões aos servidores municipais