Geral

Creas de Criciúma terá nova sede devido ao aumento de atendimentos

Anúncio foi realizado pelo prefeito interino, Ricardo Fabris, em visita ao atual espaço

Divulgação

Em visita ao Centro de Referência de Assistência Social (Creas), o prefeito interino, Ricardo Fabris, anunciou a nova sede do órgão. O novo local passará por uma reforma para receber o centro. O espaço será na antiga Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Jovito Tiago Álvaro de Campos, no bairro Lote Seis. A mudança foi devido ao aumento de atendimentos realizados pelo órgão.

O investimento da Administração Municipal será de aproximadamente R$ 350 mil. As melhorias são pintura geral da estrutura, divisórias das salas, alterações no pátio externo, a criação de um estacionamento adaptado para os idosos e deficientes, parte elétrica, forro, calçadas, entre outras.

“Percebemos que o espaço não era mais adequado para realizar os atendimentos aos moradores, principalmente, pelo aumento significativo no primeiro semestre desse ano. O ambiente da antiga escola é maior, trazendo mais privacidade para os atendimentos e um acolhimento mais humanizada dos usuários”, ressaltou o prefeito interino, Ricardo Fabris. Atualmente, o espaço fica localizado na rua São José, antiga prefeitura.

Sobre o Creas

O órgão pertence à Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação e tem como objetivo atender as pessoas vítimas de ameaça e de violação de direitos. O Creas já atendeu 1.351 casos, somente no primeiro semestre. Somente este ano, foram 17 casos de acolhimento de mulheres. No ano passado, foram cinco casos e 2019 foram quatro.

O Creas também já atendeu 350 casos de violência contra idosos. “Quando eu entrei à frente da pasta era uma das demandas e fico muito feliz de realizar esse sonho. O novo espaço é maior e poderá atender de uma forma mais adequada os usuários”, frisou o secretário municipal de Assistência Social e Habitação, Bruno Ferreira.

Notícias Relacionadas

Balneário Rincão ganha rota gastronômica com 26 locais para conhecer

Iniciativa faz parte do Plano Municipal de Turismo e visa transformar a cidade em um destino turístico durante o ano inteiro

Região Sul do país tem melhora nas desigualdades sociais em saúde, diz FioCruz

Mesmo com a “ligeira redução”, como define a FioCruz, 65 dos 84 municípios que estiveram classificados na lista dos mais desiguais da Região Sul no início da pandemia permanecem nessa condição

SC tem aumento de 271% dos casos confirmados de dengue no 1º semestre de 2022

No Estado, 77 pessoas tiveram mortes confirmadas pela dengue neste ano

Criança de 2 anos é atropelada por ônibus em SC

Bombeiros informaram que a menina teve ferimentos graves e foi levada ao hospital; ela sofreu fraturas expostas