Saúde

Criança de 12 anos morre com suspeita de meningite em Imbituba

Ela morreu no domingo, no Hospital Infantil Joanna de Gusmão, em Florianópolis, onde estava internada desde sexta-feira à noite.

Divulgação

A causa da morte de uma menina de 12 anos de Imbituba deve ser mesmo meningite meningocócica, considerada a forma mais agressiva da doença. Ela morreu no domingo, no Hospital Infantil Joanna de Gusmão, em Florianópolis, onde estava internada desde sexta-feira à noite.

De acordo com Helena Caetano Gonçalves e Silva, enfermeira da Vigilância Epidemiológica da Regional de Saúde, todos os procedimentos protocolares foram feitos e enviados ao Laboratório Central (Lacen) para a confirmação do laudo. “Mas, pelas características clínicas apresentadas pela menina, é praticamente certo que tenha sido mesmo meningite meningocócica”, explica.

A enfermeira disse que foi feito um levantamento de todas as pessoas que tiveram contato imediato mais próximo com a menina, e todos foram medicados. Além disso, escola e familiares continuam sendo monitorados. “A escola chegou a fechar as portas nessa segunda, mas não era necessário. Hoje, ela já será reaberta normalmente. Estamos fazendo todo o monitoramento, a família já foi medicada, e agora é apenas esperar a comprovação do laudo, que deve sair em breve”, afirma.

Segundo a enfermeira, durante toda a semana família e escola serão monitoradas, inclusive com as indicações de cuidados, como a higienização de alimentos e mãos.

A menina sentiu os sintomas – febre, mal-estar, prostração – na sexta-feira, e foi internada no Hospital São Camilo, em Imbituba. Logo em seguida, já foi transferida para Florianópolis, onde faleceu no domingo.

Ontem, a prefeitura de Imbituba emitiu nota de pesar e suspendeu os Jogos Estudantis (Jeimb), em sinal de luto. As atividades retornam hoje.

Com informações do Jornal Diário do Sul 

Notícias Relacionadas

Estado garantirá tratamento anual de R$ 2,7 milhões a criança de Laguna com AME, decide TJ

De acordo com os autos, a perícia médica comprovou que a criança, natural de Laguna, precisa do remédio e que inexiste, na rede pública de saúde, tratamento para a doença.

Por chineladas em criança de quatro anos, Tribunal de Justiça mantém condenação de padrasto em Criciúma

A criança possuía várias marcas pelo corpo, em regiões das pernas, costas e nádegas.

Cinco ficam feridos após colisão frontal na SC-108, em Cocal do Sul; VEJA VÍDEO

Entre as vítimas, uma criança que estava na cadeirinha em um dos carros. Rodovia está parcialmente interditada em função do resgate pelas equipes de socorro.

Van capota e deixa criança gravemente ferida em Lauro Müller

Segundo informações extra-oficiais, a vítima que estava com os pais, foi arremessada para fora do veículo.