Segurança

Criança morre afogada enquanto tomava banho de mar com o tio em SC

Menino tinha 9 anos e foi arrastado pela água do mar

Foto: Divulgação

Um menino de 9 anos morreu na noite de domingo (7) após se afogar em Barra Velha, cidade do Norte catarinense. De acordo com informações dos socorristas, ele se banhava no mar com o tio quando foi arrastado.

A guarnição foi acionada por volta das 20h e recebeu a informação de que uma criança havia se afogado na Praia do Tabuleiro. No local, antes da chegada dos bombeiros, guarda-vidas já faziam buscas pela vítima e ambas as equipes entraram na água para prosseguir com a procura.

Minutos depois, após uma ligação recebida pela central, os socorristas encontraram um homem que havia sido arrastado pela correnteza. Durante o resgate, ele contou que o sobrinho também havia sido levado pela água.

O pequeno foi encontrado cerca de 30 minutos depois, a 300 metros de onde o tio estava. Ele estava inconsciente, em parada cardiorrespiratória e sendo carregado pelas ondas. Após tentativa de reanimá-lo ainda na areia, ele foi levado para atendimento médico, no entanto, foi declarado morto na unidade de saúde.

Informações sobre velório e sepultamento não foram divulgadas até a publicação deste texto.

Com informações do NSC Total

Notícias Relacionadas

Ao celebrar 25 anos, Carbonífera Catarinense reafirma o compromisso com a comunidade

Trajetória da empresa foi marcada por conquistas e investimentos no desenvolvimento, saúde e segurança da equipe e em projetos sociais e ambientais.

Homens contratados por mulher suspeita de encomendar morte do marido em SC cavaram cova durante churrasco, diz polícia

Edinei da Maia foi encontrado morto enterrado, com as mãos amarradas, em Canelinha, quatro meses após desaparecer.

Bezerro é içado após cair em poço de 6 metros de profundidade em Florianópolis

Resgate ocorreu em uma propriedade no bairro Rio Vermelho. Animal foi entregue ao proprietário.

SC tem 1,1 mil aparelhos bloqueados com o Celular Seguro em seis meses

Serviço foi criado pelo Governo Federal e tem como objetivo inibir roubos de smartphones