Esporte

Criciúma confirma saída de 32 funcionários e corte no salário

Diretoria do Tigre ainda informou que diminuirá os salários dos jogadores e funcionários em cerca de 70% até os próximos 60 dias.

Divulgação

O Criciúma emitiu uma nota oficial nesta sexta-feira (24) confirmando a demissão de 32 funcionários do clube, dentre eles cinco integrantes da comissão técnica e seis jogadores. Os demais são da área administrativa. No entanto, os nomes ainda não foram divulgados pela agremiação.

A diretoria ainda informou que diminuirá os salários dos jogadores e funcionários em cerca de 70% até os próximos 60 dias. As medidas serão tomadas devido à paralisação do futebol brasileiro, causada pela pandemia do novo coronavírus.

Confira os atletas que possuem contrato até o fim de abril:

  • Claudevan Pirambu
  • Murilo Gomes
  • Carlinhos
  • Daniel Cruz
  • Edinan

Além disso, o Campeonato Catarinense foi paralisado ao fim da primeira fase. O Criciúma, quinto colocado, com 13 pontos, enfrentaria o Marcílio Dias, quarto (com 15 pontos) nas quartas de final.

Com informações do site ND Mais

Notícias Relacionadas

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Tribunal de Justiça catarinense confirma pena para empresário que vendeu pipoca com rato dentro em Criciúma

Uma das vítimas, após ingerir a pipoca, teve intoxicação alimentar aguda causada por alimento contaminado.

Quatro adolescentes criam startup para fiscalizar os poderes de Criciúma

O objetivo dos jovens é reunir informações dos poderes Legislativo e Executivo do município de Criciúma em uma plataforma mais acessível.