Geral

Criciúma é a cidade que menos gasta com pessoal em todo o Sul do país

Dados são do Ranking de Competitividade e Sustentabilidade dos Municípios

Divulgação

O município de Criciúma é o que apresenta menos despesa com pessoal em todo o Sul do país. Os dados são da segunda edição do Ranking de Competitividade e Sustentabilidade dos Municípios, divulgado nessa segunda-feira (22), e que é utilizado como fonte de dados para o desenvolvimento de políticas públicas e atração de investimentos. O indicador de sustentabilidade fiscal coloca Criciúma como o primeiro município do Sul no ranking e o quinto na classificação nacional, perdendo apenas para os municípios Maricá (RJ), Saquarema (RJ), Botucatu (SP) e Mesquita (RJ).

“O resultado demonstra a responsabilidade do município com o cidadão, atuando de forma eficaz com menos custos para os cofres públicos”, reforçou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro. Ele lembra que o município gasta, hoje, menos do que o limite prudencial de despesas com pessoal. Esse limite, conforme a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), é de 52%, sendo que o município teve uma despesa média de 34,4% no exercício de 2021, segundo dados do Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE).

“Esses números refletem em mais investimento no município, em outras áreas fundamentais para o cidadão, como a saúde, educação e infraestrutura. Economia que gera benefícios aos criciumenses”, concluiu o prefeito.

Criciúma ganha espaço, ainda, entre os dez municípios mais competitivos do Sul do país, sendo o nono colocado entre os municípios do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Na colocação geral, é o 27º do país.

Destaque na educação

A cidade carbonífera também figurou de forma positiva nos indicadores de Acesso à Educação, aparecendo na terceira colocação em relação aos Alunos em Tempo Integral na Educação Infantil, com pontuação 94,31. Criciúma vem atrás de Barueri (SP), que é o primeiro colocado com pontuação 100, e Governador Valadares (MG) com 96,5.

“A Educação é prioridade no nosso município. Hoje, temos mais de 6 mil alunos estudando em tempo integral nas escolas municipais. É um dado que vem crescendo nos últimos anos com incentivo a participação de iniciativas, mas também com melhorias em estruturas, como ampliações, reforma e construção de novas escolas. O governo municipal sempre está atento e sabe que os dois pilares caminham juntos para o desenvolvimento da Educação”, destacou o secretário municipal de Educação, Miri Dagostim.

Sobre o ranking

O Ranking analisa o total de 411 municípios brasileiros (7,38% do universo de municípios), representando os municípios do país com população acima de 80 mil habitantes de acordo com a estimativa do IBGE para o ano de 2020.

Como resultado, a segunda edição do Ranking de Competitividade dos Municípios é composta por 65 indicadores, organizados em 13 pilares temáticos e 3 dimensões: instituições, sociedade e economia.

Notícias Relacionadas

Vereadores de Lauro Müller aprovam Proposições, Requerimentos, Projetos de Lei e Projeto de Resolução

No Grande Expediente, oito vereadores aproveitaram para fazer seus pronunciamentos.

Satc Digital e Coopera firmam parceria para a aplicação do ensino corporativo

De forma gratuita, cinco cursos livres foram lançados nesta segunda-feira e estão disponíveis para a comunidade

Número de casos ativos de Covid-19 despenca em SC e índice é o menor em 17 meses

Dados mostram que o Estado vive um momento menos delicado da pandemia, e caminha para um processo de estabilização

Assistência Social de Criciúma entrega alimentos para instituições sociais no Parque das Nações

Ao todo, foram distribuídos 960 kg de carne, 1.500 kg de banana, 60 cestas básicas e 90 kits de legumes para 30 instituições