Saúde

Criciúma inicia vacinação contra Covid-19

Primeiras cinco pessoas imunizadas são da área da saúde, primeiro grupo a receber a vacina no Município

Divulgação

O Governo de Criciúma, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, iniciou a vacinação contra a covid-19. As primeiras cinco doses foram aplicadas na manhã desta terça-feira (19), assim que as vacinas chegaram na cidade, em evento simbólico realizado no Salão Ouro Negro da prefeitura. Nesta primeira etapa serão imunizados trabalhadores da área da saúde que auxiliam no combate à pandemia e também idosos que residem em Instituições de Longa Permanência (ILPIs/asilos).

Para o município foram encaminhadas 2.294 doses. Cada paciente receberá duas doses, com intervalo de 21 dias. Novos encaminhamentos de vacinas estão sendo aguardados pelo Município, que acompanha o Plano Nacional de Vacinação. “Este mesmo espaço onde por tantas vezes pedimos que a população colaborasse, respeitasse as orientações sanitárias, agora é palco de um momento muito especial e de muita alegria para todos os criciumenses. É verdade que ainda não temos doses suficientes para todos, mas é um primeiro grande passo, já que a vacina é única saída prevista para esta pandemia. A vida em primeiro lugar”, destacou o prefeito, antes de acompanhar o início da vacinação.

As primeiras cinco pessoas vacinadas são profissionais da área da saúde do Município e instituições hospitalares da cidade. A primeira a receber a imunização foi a Agente Comunitária de Saúde (AGS), Adelaide Santiago, de 61 anos. “Senti muita emoção. Eu achei que chegou rápido demais, eu pensava que a vacina ia demorar para chegar. Durante o ano passado, eu trabalhei de agente de saúde e não parei, graças a Deus ocorreu tudo bem. Quando eu recebi a notícia eu estava trabalhando no meu posto, na hora nem acreditei. Eu estou muito feliz e emocionada”, afirmou a agente, lembrando que três agentes comunitárias de Criciúma morreram em decorrência da Covid-19. Além dela foram vacinadas, Maria Helena Queiroz Pessoa, 55 anos, técnica de enfermagem do Hospital São José; Vanilda Duarte da Silva, 57 anos, higienizadora; Douglas José Nazário, 64, fisioterapeuta; e Isoleia Romagna, 51 anos, enfermeira do Pronto Atendimento da Unimed.

A Secretaria de Saúde de Criciúma fará a logística para vacinar estes profissionais. Seringas, agulhas e 40 câmaras frias, sendo uma com capacidade de mil litros, já foram adquiridas. Agora, a pasta aguarda definições do Ministério da Saúde para iniciar a capacitação de vacinadores e definir os detalhes para imunização de toda a população.

“Finalmente estamos vacinando e imunizando. Sabemos que são poucas doses, mas é a primeira etapa e esperamos que em breve outros lotes cheguem para atendermos a todos”, enfatizou o secretário de Saúde, Acélio Casagrande. Também estiveram presentes no evento, o vice-prefeito, Ricardo Fabris; a reitora da Unesc, Luciane Ceretta; o comandante da 6ª Região de Polícia Militar, coronel Evandro Fraga; e a diretora-geral do Hospital São José, Irmã Isolene Lofi.

Notícias Relacionadas

Prefeitura de Orleans atenderá em novo horário a partir do dia 1º de março

O prefeito Jorge Koch explica que, embora a transmissão do coronavírus tem crescido no município e região nos últimos dias é necessário que o atendimento da prefeitura aconteça no período integral

Com aumento dos casos, Morro da Fumaça amplia ações no combate à pandemia

Município seguirá medidas estabelecidas pelo novo decreto do Governo do Estado

Governo do Estado amplia leitos de terapia intensiva e de retaguarda em Santa Catarina

Houve a pactuação para a ampliação de mais 220 leitos clínicos de retaguarda e 130 leitos de terapia intensiva em diversas regiões do estado

Casa de Pedra do Museu ao Ar Livre, de Orleans, passa por obras de drenagem

A água do local será encaminhada para rede de drenagem pluvial que existe no entorno do prédio.