Saúde

Criciúma já vacinou mais de 28,1 mil pessoas contra a Influenza

Município tem um público-alvo de 81.886 pessoas. A terceira fase da imunização inicia nesta quarta-feira (9)

Divulgação

Até o início desta segunda-feira (7), a Secretaria de Saúde de Criciúma, já havia vacinado 28.141 pessoas contra a Influenza. A campanha iniciou em abril e todas as salas de vacinação do município estão preparadas com as medidas sanitárias para receber a população. Sem precisar de agendamento, o grupo prioritário deve procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para ser imunizado.

O município já vacinou 13.475 idosos acima de 60 anos, 10.429 crianças de 6 meses a menores de seis anos, 1.347 professores, 1.221 trabalhadores de saúde, 1.088 gestantes, 178 puérperas, dois adolescentes em medidas socioeducativas e uma pessoa de povos indígenas. “Estamos reforçando a campanha contra a Influenza. O inverno está chegando e a população que é contemplada com a vacinação deve buscar sua unidade de saúde. Estamos ampliando a imunização aos sábados, as pessoas podem usar um dia a mais para ser vacinado”, completou o secretário municipal de Saúde, Acélio Casagrande.

É necessário comparecer com um documento de identidade e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). As gestantes precisam levar o cartão pré-natal. A campanha segue até o dia 9 de julho.

Terceira etapa inicia na quarta-feira

Nesta quarta-feira (9), inicia a terceira etapa de vacinação contra a Influenza. Este grupo prioritário inclui pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

Notícias Relacionadas

Pesquisa aponta aumento de casos de covid em 1.217 cidades esta semana

O número corresponde a 33,9% das 3.591 prefeituras ouvidas

Governo de SC vai prorrogar estado de calamidade pública até 30 de setembro

Com a medida, o Estado fica desobrigado de cumprir algumas metas fiscais, o que facilita o combate ao vírus

Santa Catarina avança na certificação de propriedades livres de brucelose e tuberculose

A intenção da Secretaria da Agricultura é ampliar o número de certificações, para que esse seja mais um diferencial competitivo do agronegócio catarinense

Governo do Estado abre licitação para elaboração de estudo para criação de rodovia alternativa à BR-101 Norte

A empresa que for selecionada na licitação terá seis meses para executar um estudo identificando onde poderá passar essa nova rodovia