Saúde

Criciúma recebe 3.510 doses da Pfizer para dar continuidade à terceira fase de vacinação da Covid-19

Esta etapa é para imunizar pessoas com comorbidades, deficientes permanentes, pessoas em diálise, pessoas transplantadas e grávidas e puérperas com comorbidades

Divulgação

Pela primeira vez, Criciúma receberá 3.510 doses da Pfizer contra a Covid-19. As novas vacinas serão destinadas para dar continuidade à terceira fase de vacinação. A previsão de chegada da remessa está entre esta quarta-feira (19) e quinta-feira (20). Ainda falta oito mil pessoas com comorbidades para serem vacinadas, das 12 mil cadastradas no Portal Minha Vacina.

“Estamos recebendo mais doses que serão destinadas aos grupos que estão sendo contemplados. No momento, estamos vacinando pessoas acima de 18 anos com comorbidades, com doença renal crônica em diálise, transplantados, gestantes e puérperas com comorbidades e deficientes. Além disso, também ampliamos para os autistas”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Acélio Casagrande.

Aproximadamente mil pessoas acima de 60 anos não foram vacinadas. O idoso que ainda não recebeu sua dose, pode procurar a sua Unidade Básica de Saúde (UBS). As forças de segurança também receberão novas doses de forma nominal. “É importante deixar claro, que na hora de se cadastrar no Minha Vacina, a pessoa não pode esquecer de indicar sua condição para que depois possa anexar seus documentos de comprovação. Caso perceba o erro, pode procurar a sua unidade de saúde para correção”, explicou o gerente em Saúde, Samuel Bucco. As pessoas precisam ficar atentas as 22 comorbidades contempladas no Plano Nacional de Vacinação.

Parceria com a Unesc

A Secretaria Municipal de Saúde firmou uma parceria com a Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc). A iniciativa é para armazenar as novas doses da Pfizer em uma ultrafreezer da instituição. O armazenamento será feito no local até a finalização do processo licitatório para aquisição do equipamento pela secretaria.

Anexar a documentação no site Minha Vacina

As pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidades e deficientes permanentes precisam anexar a documentação necessária para comprovar a sua condição no Portal Minha Vacina. A pessoa deve entrar no link arquivos.criciuma.sc.gov.br/people/login e fazer seu login, com CPF e data de nascimento, e anexar a documentação.

Os documentos serão validados pelas equipes das unidades. Após isso, o paciente vai receber uma mensagem via WhatsApp informando que está apto para receber a dose. Por meio do link enviado no aplicativo de conversa, o usuário poderá agendar a data e o horário da aplicação da vacina.

Notícias Relacionadas

Pessoas com 54 e 55 anos serão vacinadas contra Covid-19, em São Ludgero

Durante a vacinação contra Covid-19 as Secretarias de Assistência Social e Saúde estão realizando a campanha “Vacina contra Fome”.

Criança é flagrada dirigindo veículo na Estrada Geral do Rio Novo, em Orleans

A criança foi abordada junto com seu avô, que estava no banco do carona

Mais três unidades de saúde passam por reformas em Morro da Fumaça

São cinco as estruturas que recebem por melhorias nos últimos dois anos

Criciúma vence e assume vice-liderança da Série C

Hygor e Dudu marcaram os gols da vitória do Tigre por 2 a 1 sobre o Ypiranga