Esporte

Criciúma recebe o STU National, competição que abre o calendário nacional de skate e valerá pontos para a corrida olímpica

Seguindo todos os protocolos sanitários vigentes, disputa acontecerá de 21 a 24 de janeiro na cidade de Criciúma com os melhores skatistas do Brasil nas modalidades Street e Park

Divulgação

O mais novo e um dos mais modernos skateparks do Brasil, localizado na cidade de Criciúma/SC, receberá dos dias 21 a 24 de janeiro os principais nomes do skate brasileiro e mundial, nas modalidades olímpicas Street e Park, seguindo um rígido protocolo de segurança sanitária para a disputa do STU Nacional. A competição, realizada em parceria com o Governo de Criciúma, é responsável por abrir o calendário e o Ranking Brasileiro de skate no ano de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021. Chancelado pela Confederação Brasileira de Skate (CBSk), entidade máxima do esporte no Brasil, e pela World Skate (WS), entidade máxima do skate a nível mundial, o STU National será também válido para o ranqueamento dos skatistas brasileiros na segunda janela de pontuação da corrida olímpica e contará com transmissão ao vivo para todo o Brasil na TV Globo, no programa dominical Esporte Espetacular, e também do Sportv

Atletas brasileiros reconhecidos mundialmente como Pedro Barros, Murilo Peres, Luiz Francisco, Dora Varela, Yndiara Asp, Felipe Gustavo e Rayssa Leal, a “fadinha”, são alguns dos atletas brasileiros que ocupam hoje as primeiras posições do ranking mundial e estão confirmados na competição. “É muito gratificante para a CBSk começar o ano com o retorno do Circuito Brasileiro, ainda mais valendo pontos para a corrida olímpica. Santa Catarina é um dos grandes centros do skate nacional e Criciúma tem um dos melhores complexos de skate do Brasil. É a certeza de um evento de altíssimo nível e extremamente importante nessa preparação para a estreia do skateboard nos Jogos Olímpicos”, diz Eduardo Musa, presidente da CBSk.

“Estamos felizes e ansiosos para o evento e para mostrar ao Brasil e ao mundo o nosso Skatepark e sua importância e dimensão para o skate e para a cidade. O nível deste evento ratifica também o nível das nossas pistas e qualifica ainda mais a oferta do esporte para todos que nos visitam”, destacou o presidente da Fundação Municipal de Esportes (FME), de Criciúma, Neto Uggione. O deputado federal Daniel Freitas, que foi o grande incentivador para que o evento fosse realizado em Criciúma, também destaca sua importância. “O skatepark já foi projetado para abrigar competições nacionais e internacionais. Temos em Criciúma o melhor que pode ser oferecido para os praticantes e profissionais do skate, por isso temos certeza do sucesso desta etapa”, frisou o deputado.

Para a realização do evento, será utilizado o Protocolo STU Covid Free, desenvolvido pelo Dr. Carlos Wahle, coordenador médico da Plataforma STU, e que já foi aplicado com sucesso na etapa de São Paulo (dezembro/2020). O protocolo segue todas as diretrizes municipais, estaduais e da Organização Mundial da Saúde (OMS), frente ao combate da pandemia da Covid-19, e prevê a realização das competições no cenário de restrição máxima. Isto é, em uma área totalmente isolada, sem a presença de público espectador e somente com a participação dos skatistas competidores e o mínimo de staff necessário para a operação do evento.

Além disso, outras medidas preventivas são adotadas, como a testagem em massa de todos os integrantes do evento (competidores, staff etc), em um processo de triagem a ser realizado no primeiro dia de treinos; sanitização completa de todas as áreas de circulação de pessoas; aferição de temperatura em diferentes ambientes; uso de EPI’s obrigatórios por todos os profissionais; e o distanciamento mínimo obrigatório de todos os participantes.

A competição contribui não somente para a retomada do skate nacional e da preparação olímpica, mas também para a retomada das atividades econômicas no município de Criciúma, através da ocupação da rede hoteleira, setor de serviços, comércio em geral, dentre outros segmentos, seguindo os protocolos sanitários vigentes, como incremento econômico em um momento de dificuldades para muitas regiões do país.

“Para o STU é muito gratificante abrir o ano já com uma competição de nível nacional e olímpico, reunindo os principais nomes do skate das duas modalidades. Ainda mais depois de um ano tão desafiador. O evento vai seguir todos os protocolos sanitários necessários, a fim de garantir uma competição segura para todos. Vale lembrar que em dezembro já iniciamos a aplicação do Protocolo STU Covid Free na etapa do STU de São Paulo e a competição aconteceu com sucesso”, comenta Eduardo Quintes, Gestor Executivo da Plataforma STU.

O Protocolo STU Covid Free a ser aplicado para o STU National prevê:

Restrição Máxima (acesso somente de skatistas competidores)

Testagem em massa de toda a população do evento

Sanitização do Ambiente

Uso de máscara e outros EPI’s obrigatórios

Aferição de Temperatura

Distanciamento Mínimo

Notícias Relacionadas

Polícia Civil prende organização criminosa por diversos roubos em Criciúma e latrocínio em Morro da Fumaça

Nesta terça-feira, dia 4, quatro pessoas foram presas e drogas, dinheiro e celulares foram apreendidos.

Justiça condena empresa que vendeu mas não entregou R$ 2 milhões em máscaras a SC

A distribuidora foi penalizada com multa de 10% sobre o contrato e ainda foi suspensa de participar de novas licitações pelo prazo de seis meses

Secretária de Saúde de Braço do Norte libera 1.356 exames com investimento de mais de R$ 170 mil

Conforme o secretário da Saúde, Sérgio Fernando Domingos Arent, as pessoas que estão à espera dos procedimentos podem ficar tranquilas, pois a Secretaria de Saúde vai entrar em contato para o agendamento

Homem é detido após quebrar imagens da Igreja Matriz, em Treze de Maio

Antes de ir à igreja, ele esteve no posto de saúde central e atacou funcionários e destruiu móveis