Geral

Criciúma registra hoje (9) o 42° óbito de paciente com Covid-19

O homem estava internado na UTI desde o dia 25 do mês passado.

Divulgação

Criciúma registrou hoje (9) o 42° óbito de um paciente com Covid-19. É um idoso de 74 anos que possuía comorbidades.

Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o dia 25 do mês passado. A informação foi repassada neste domingo pela Vigilância Epidemiológica.

O órgão também recebeu a notificação de um óbito de paciente de outro município, registrado nesse sábado (8). Trata-se de uma mulher, de 73 anos, com comorbidades, que estava na UTI desde o último dia 31.

Boletim de 8 de agosto atualizado às 15h30 – Moradores da cidade

3.317 casos confirmados
– 1.594 recuperados
– 41 óbitos (agora 42)

Hospitalizados

– Casos confirmados: 9 em UTI e 17 em clínicas
– Suspeitos: 5 em UTI e 10 em clínicas

Vale reforçar que os números acima correspondem somente aos residentes na cidade, pois também há pacientes de outros municípios sendo atendidos em Criciúma.

Com informações do site Notisul

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

Coronavírus em SC: Fapesc aprova cinco projetos de pesquisa e destina R$ 500 mil a estudos sobre Covid-19 no estado

O edital buscava estudos que apontassem soluções para o combate à epidemia e seus efeitos na sociedade e na economia.

Em três meses, PGE atuou em cerca de 270 ações judiciais e emitiu 36 pareceres jurídicos sobre Covid-19

A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) atuou de forma judicial e administrativa para dar suporte às decisões do Poder Executivo e garantir o cumprimento das determinações para conter o avanço do novo coronavírus no Estado.

STF autoriza SC a utilizar recursos do pagamento da dívida com a União no enfrentamento da Covid-19

O pedido foi protocolado pela Procuradoria-Geral do Estado de Santa Catarina (PGE) para garantir que a União deixe de aplicar qualquer tipo de penalidade ao estado em razão da suspensão dos pagamentos.