Geral

Criciúma registra quase 3 mil raios durante tempestade desta terça-feira

Somente na região da Linha Batista foram mais de 1,2 mil descargas registradas.

Foto: Bruno Neka Dal Pont / Especial

Que o temporal foi forte na terça-feira, não resta dúvida. “Foram 68,6 milímetros, 53 deles concentrados em menos de meia hora”. O dado do climatologista Homero Haymussi ilustra o tamanho da tempestade que atingiu Criciúma. “Se Criciúma fosse ainda coberta por Mata Atlântica, aquele tipo de chuva causaria inundações na floresta”, completa o climatologista Márcio Sônego, que chamou o fenômeno de “enchente relâmpago”.

E a intempérie foi recheada por outro componente que assustou muita gente: os raios. A Climatempo, empresa especializada em climatologia, ofereceu ontem um dado estarrecedor. Na soma das 12 horas anteriores e das 12 posteriores ao temporal de terça, caíram exatos 2.975 raios em Criciúma. “Um número elevadíssimo, mais de cem raios por hora na média”, considera Sônego. “Não é normal nem corriqueiro”, concorda Haymussi.

Na análise do mapa oferecido pela Climatempo foi possível constatar que a região de Criciúma mais atingida foi a da Linha Batista e arredores, com 1.217 raios. Houve um epicentro, em área despovoada próxima ao loteamento Buenos Aires, com 717 raios.

O Bairro Mina do Toco foi atingido por 925 descargas elétricas, a grande maioria em um ponto entre a Rodovia Archimedes Naspolini e a Rua Estevam Naspolini.

Na região do Bairro Primeira Linha foram 803 raios, 349 deles em área aos fundos do quartel do 28º GAC, e 369 na altura do Bairro Jardim das Paineiras. O Morro Mãe Luzia, na área rural, arredores da BR-101 e perto do limite com Maracajá, foram 23 raios, e sete registrados na altura do Bairro São Roque, próximo ao limite com Forquilhinha.

“Estamos sob influência da massa de ar equatorial, o tipo de ar mais quente e úmido que vem da Amazônia. Então, o calor força o ar úmido a subir na atmosfera, há uma fricção entre partículas criando as cargas negativas que descarregam em forma de raios”, avalia Sônego.

Com informações do site 4oito

Notícias Relacionadas

Prefeitura de Orleans lança Limpa Fila e deve fazer mais de 3 mil procedimentos até dezembro

Programa foi lançado pelo secretário de Saúde de Orleans, Fernando de Fáveri nesta quarta-feira (30). Programa deve acelerar consultas, exames e pequenas cirurgias no município.

Balanço 2019: Educação chama 3 mil efetivos e investe em formação docente e manutenção de escolas

O secretário Natalino Uggioni destaca avanços como a aquisição de lousas digitais e computadores para todas as escolas estaduais

Previsão do tempo em SC: calor intenso e tempestade devem marcar a terça-feira

No decorrer do dia várias cidades catarinenses devem registrar temperaturas elevadas em torno de 30°C.

SC tem sol e até 40ºC; tempo muda a partir da tarde desta quinta-feira

Podem ocorrer temporais com rajadas de vento, raios e granizo em algumas cidades.