Esporte

Criciúma sai na frente, mas leva virada do Brusque

Com o resultado o Tricolor segue na sexta posição do Catarinense.

Divulgação

Em um jogo de dois tempos distintos o Criciúma foi derrotado pelo Brusque neste sábado no Estádio Heriberito Hülse pelo placar de 3 a 1. Na primeira etapa o Tigre dominou a partida e chegou ao gol com Carlos César, mas no segundo tempo o Brusque pressionou o Tricolor e conseguiu a virada. “Perdemos em casa, jogo tava bom para a gente e acabamos deixando cair no segundo tempo e é isso ai que vocês estão ouvindo vaia e a torcida está certa”, afirma o atacante do Tigre Taylon.

Na primeira etapa o Criciúma dominou o Brusque e chegou com mais perigo. Logo aos sete minutos, após lançamento Carlos César apareceu livre na área e sem ângulo tentou um chute cruzado que passou perto do gol. Aos 18 minutos, novamente Carlos César tentou um chute da entrada da área e Zé Carlos fez uma bela defesa. Aos 20 minutos, Léo Ceará recebeu na direita, fez o giro e chutou cruzado com muito perigo. Aos 24 minutos, Carlos César cruzou da direita e João Carlos chegou livre na segunda trave e finalizou para fora. Já aos 33 minutos, Carlos César cobrou uma falta da entrada da área com perfeição para o fundo da rede e abriu o placar para o Tigre. Aos 37 minutos a primeira chegada do Brusque, Marco Antônio tentou o chute da entrada da área, mas Gianezini defendeu. Já aos 41 minutos, na última chegada com perigo do primeiro tempo,

Já no segundo tempo o Brusque entrou em busca da vitória e logo aos três minutos de jogo Edu tocou para Alex Sandro, que chutou e Gianezini rebateu. A bola caiu no pé do atleta do Brusque que cruzou e Gianezini tentou afastar novamente a bola que sobrou nos pés de Edu que empatou a partida. Aos 13 minutos, Alex Sandro recebeu sozinho na esquerda, avançou e chutou para o gol, mas Gianezini rebateu a bola e salvou o tigre. Aos 16 minutos, Léo Ceará recebeu a bola cortou para o meio e chutou rasteiro na trave. Já aos 19 minutos Marco Antônio recebeu a bola e chutou de longe, a bola desviou em Vitão, enganou o goleiro Paulo Gianezi e morreu no fundo da rede para a virada do Brusque. Aos 26 minutos, Bruno Oliveira fez grande cruzamento, mas Daniel Cruz cabeceou sozinho de forma bisonha no chão a mandando para fora. Aos 38 minutos, Carlos César cobrou escanteio, Zé Carlos não alcançou e a bola sobrou para Taylon que chutou na marcação. Já aos 39 minutos em um contra-ataque rápido Dandan tocou para Edu que chutou cruzado para ampliar o placar. O Criciúma ainda tentou marcar, mas sem sucesso e amargou mais uma derrota no Catarinense. Com o resultado o Criciúma segue na sexta posição na tabela com nove pontes, enquanto o Brusque segue na liderança com 16 pontos.

Com informações do site TNSul

Notícias Relacionadas

Secretaria de Saúde de Criciúma reforça chamado de gestantes, puérperas e crianças para vacinação contra influenza

Agentes Comunitários de Saúde visitarão as residências para monitoramento e intensificação de informações por causa da baixa adesão à campanha nacional

Tribunal de Justiça catarinense confirma pena para empresário que vendeu pipoca com rato dentro em Criciúma

Uma das vítimas, após ingerir a pipoca, teve intoxicação alimentar aguda causada por alimento contaminado.

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Quatro adolescentes criam startup para fiscalizar os poderes de Criciúma

O objetivo dos jovens é reunir informações dos poderes Legislativo e Executivo do município de Criciúma em uma plataforma mais acessível.