Esporte

Criciúma tem dois representantes nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Atleta e técnico de tênis de mesa têm passagem pela Fundação Municipal de Esportes

Divulgação

A mesatenista Bruna Costa Alexandre e o técnico Alexandre Ghizi, representarão Criciúma nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. As partidas da modalidade iniciam nesta terça-feira (24), no Ginásio Metropolitano de Tóquio, na capital do país. “Bruninha”, como é conhecida a atleta, começou a praticar o esporte nas escolinhas da Fundação Municipal de Esportes (FME), sob orientação de Ghizi.

Técnico da FME/Mampituba, Alexandre Ghizi introduziu Bruna ao esporte quando ela tinha apenas 7 anos. Na época, o treinador dava aulas no bairro Ceará, onde a família da atleta mora. Em julho, ele foi convocado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro para participar dos jogos pela segunda vez.

Natural de Criciúma, Bruninha falou sobre seu processo de aprendizagem na modalidade. “Antes eu praticava outros esportes, porém gostei bastante do tênis de mesa. Tive um pouco de dificuldade para sacar no começo, mas depois consegui me adaptar”. Ela se mantém positiva sobre suas expectativas para a competição. “Nos últimos anos evoluí muito, principalmente fisicamente e tecnicamente. Estou bem otimista, feliz de estar na minha melhor fase e representando minha cidade”.

A mesatenista de 26 anos, que hoje atua por um clube de São Caetano do Sul (SP), comentou sobre a parceria com o treinador. “O ‘Xande’ é um grande técnico, ele me ensinou toda minha base. Então fico muito contente de estar aqui com ele”. Bruna mostrou gratidão pelo apoio local recebido ao longo de sua trajetória. “Gostaria de agradecer a Prefeitura de Criciúma e à FME, que me apoiaram bastante, e a todos que estão me enviando mensagens pelas redes”.

Tênis de mesa brasileiro nos Jogos Paralímpicos

O Brasil estreou no tênis de mesa paralímpico em 1976, e desde então conquistou cinco medalhas na modalidade, sendo a primeira de prata, em 2008. Nos jogos Rio 2016, foram quatro medalhas, uma prata e três bronzes, sendo dois dos últimos de Bruna, na categoria individual e na disputa por equipes.

Notícias Relacionadas

Motociclista tem ponta do dedo amputada após colisão com caminhonete em Urussanga

O homem, de 41 anos, também apresentava suspeita de traumatismo craniano, suspeita de hemorragia interna e fratura exposta no joelho.

Polícia Civil de Orleans incinera drogas apreendidas e avaliadas em R$ 150 mil

Tabletes e porções de cocaína, crack e maconha foram apreendidos em por volta de 30 procedimentos, tais como inquéritos e autos de prisão em flagrante.

Santa Catarina Mais Renda Empresarial começa atendimento de MEIs

A partir do dia 30 de setembro, a parceria se estenderá com o Sicoob em 95 municípios catarinenses.

Respiradores: Justiça nega devolução de dinheiro bloqueado

O juiz Petroncini usou os mesmos argumentos para anunciar a nova negativa.