Geral

Criminosos que ameaçaram Guarda Municipal em redes sociais são alvo de operação em Capivari de Baixo

Polícias Civil e Militar agiram em conjunto contra associação criminosa que atuava em Capivari de Baixo; dois homens foram presos.

Divulgação

Uma operação foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (13) em Capivari de Baixo, no Sul do Estado. Batizada de “Acesso Livre”, a ação foi realizada pelas polícias Civil e Militar e teve como foco o crime organizado.

O principal alvo foi uma célula que age na cidade e que, no final de 2019, divulgou nas redes sociais vídeos ameaçando a Guarda Municipal.

Segundo a Polícia Civil, a organização criminosa investigada tentou impedir o livre exercício da Guarda Municipal de Capivari de Baixo. Chegou a fazer barreiras por ruas do bairro Santa Lúcia e impedir o trânsito de viaturas.

A corporação informa que, por meio do Setor de Investigação Criminal, identificou todos os suspeitos que apareceram nos vídeos ameaçando membros da instituição.

No decorrer das investigações, a polícia representou por medidas cautelares contra os suspeitos, que foram deferidas pelo Judiciário com manifestação favorável do Ministério Público.

Na manhã desta quinta-feira, as forças de segurança cumpriram os mandados de busca e apreensão nas casas dos suspeitos.

Foram encontrados drogas (maconha e cocaína), dinheiro, celulares e anotações de contabilidade relacionada ao tráfico de drogas.

Dois homens que possuíam drogas em suas residências foram presos em flagrante e conduzidos à Delegacia de Capivari de Baixo.

A operação teve o apoio das unidades policiais de Jaguaruna, Braço do Norte, da Polícia Militar de Tubarão, Canil e helicóptero do Saer (Serviço Aero-Policial) de Criciúma.

Com informações do site ND Mais

Notícias Relacionadas

Proprietário de lavação é preso por tráfico de drogas em Orleans

Na delegacia, o acusado confirmou que entregou 15 gramas de crack para o usuário em troca de um Fiat Uno com problemas mecânicos.

ACIO: Curso Redes Sociais na Prática será realizado na próxima semana em Orleans

O curso apresentará atividades práticas de estratégias para redes sociais, visando impulsionar os resultados para as empresas.

Em cinco horas, PMRv recolhe 13 carteiras de motoristas e prende um por embriaguez ao volante em Laguna

O montante é preocupante segundo os policiais, já que foram somente 32 abordagens neste período. Motoristas pagarão multa de aproximadamente R$ 3 mil e ficarão sem a CNH por 12 meses.

Criciúma: operação apura falsificação de exames toxicológicos para renovação de CNH

A investigação apurou que o valor cobrado dos candidatos que buscavam o exame toxicológico falsificado era de aproximadamente R$ 1,2 mil.