Segurança

DCFR prende pela segunda vez suspeito de inúmeros furtos ocorridos na cidade azul

O pleito foi deferido pelo juízo da 2º Vara Criminal desta Comarca.

Divulgação

A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Divisão de Combate a Furtos e Roubos, da Delegacia de Polícia da Comarca de Tubarão, no final da tarde de ontem, deu cumprimento a mandado de prisão preventiva deferido em desfavor de MAP, de 43 anos, o qual é suspeito de ter furtado uma casa de material de construção situada à Rua Pedro Zapelini.

A DCFR prendeu MAP, no dia 09 de outubro de ano passado, durante investigação na qual ele foi indiciado por 03 crimes de furto qualificado e na mesma investigação dois receptadores foram identificados e presos.

Ocorre que, no último dia 25 de fevereiro de 2021, Marcelo foi posto em liberdade e já na madrugada do dia 28 de fevereiro, ou seja, menos de 72h depois, foi identificado como autor de um furto a um estabelecimento comercial.

O suspeito pulou o muro da empresa e de seu interior subtraiu inúmeros objetos, num prejuízo total de cerca de R$ 6.000,00 (seis mil reais).

Um inquérito policial foi instaurado e, após a colheita de inúmeros elementos probatórios, o Delegado de Polícia coordenador da DCFR representou pela prisão preventiva do suspeito, uma vez que ele possui inúmeras passagens policiais e é reincidente em crime doloso. O pleito foi deferido pelo juízo da 2º Vara Criminal desta Comarca.

De posse do mandado de prisão, a equipe da DCFR realizou diversas diligências e logrou êxito em capturar o suspeito no bairro passagem. MAP foi conduzido à DCFR, tendo sido interrogado e indiciado pela autoridade policial e posteriormente encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Notícias Relacionadas

Revólver, munições e droga são encontrados durante blitz realizada pela PMRv de Içara

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio

Índices de crimes caem bruscamente em Orleans

Segundo dados divulgados pela Polícia Civil, houve redução de 300% dos crimes de roubo e quase 30% do número de furtos.

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito