Geral

Decreto simplifica pagamento do ISS para a construção civil

Para ter o benefício do parcelamento em 12 vezes, cada parcela deve ser de, no mínimo, R$ 400.

Prefeitura de Braço do Norte Paço

Foto: Divulgação

Incentivar o setor de construção civil facilitando o modo como é pago o Imposto Sobre o Serviço – ISS foi a motivação do Decreto 079/2018, assinado pelo prefeito de Braço do Norte, Beto Kuerten Marcelino.

O documento permite a cobrança do ISS sobre a construção civil em até 12 vezes, sendo que o primeiro pagamento deve ser realizado no ato da aprovação do projeto. Para ter o benefício do parcelamento em 12 vezes, cada parcela deve ser de, no mínimo, R$ 400.

A intenção, conforme o prefeito, é fomentar a construção civil e, além disso, evitar a inadimplência, a morosidade e o retrabalho. “Quando não há o parcelamento, há um desestímulo do construtor, a construção não evolui, há acúmulo dos serviços dos fiscais, consequentemente as empresas vendem menos, há menos contrato de trabalhadores e ainda pode haver a inadimplência com o município, ou seja, há uma série de situações que ficam pendentes, e isso é ruim para o desenvolvimento de Braço do Norte”, explicou.

Para se ter uma ideia da intenção da administração municipal em fomentar a geração de empregos e renda em Braço do Norte, em 2017, foi realizado convênio com a Cidasc para aumentar a fiscalização sanitária, através da disponibilidade de um médico veterinário, para o Frigorífico 3 Irmãos adquirir o Sisbi/Suasa. O selo permitiu que o frigorífico aumentasse o número de suínos abatidos e, consequentemente, a compra de animais, a sua arrecadação e o número de funcionários. Com isso, as vendas para fora do município e estado deram mais espaço para empresários de menor porte oferecessem seus produtos. “Já cumprimos nosso compromisso com o Frigorífico 3 Irmãos e vamos continuar incentivando o desenvolvimento das empresas, pois teremos mais frigoríficos que poderão ter o Sisbi/Suasa e a administração continua comprometida com a cedência do profissional exigido através da Cidasc”, completou o prefeito.

Outro dado animador sobre Braço do Norte é a geração de empregos. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, de janeiro de 2008 até setembro de 2018 foram criadas 4.350 vagas formais (com carteira assinada). O município está entre as cidades da região com melhor desempenho na geração de empregos em 10 anos. “Isso é fruto do empreendedorismo do nosso povo, do trabalho incansável, da garra dos braçonortenses. Nesse caso é obrigação da administração municipal, da Prefeitura, incentivar, estar disposta a ajudar e é dessa maneira que estamos trabalhando”, encerra Beto. Além disso, o município lidera a geração de emprego e renda no ano de 2018 entre os municípios que fazem parte da Amurel.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Braço do Norte

Notícias Relacionadas

Decreto suspende pedidos de gratificação em Criciúma e indícios de fraudes são investigados

Empresariado da região presente na maior feira da construção civil

Representantes do Sinduscon marcam presença na Feira Internacional Construsul.

Prefeitura injetará R$ 4 milhões na economia local com pagamentos de setembro em Braço do Norte

Decreto de Bolsonaro permite comprar até 4 armas e amplia validade da posse para 10 anos

Pelos novos critérios, quem vive em estados com índice anual de mais de 10 homicídios por 100 mil habitantes poderá pedir autorização para ter arma em casa.