Segurança

Defesa Civil tenta conter fumaça tóxica em Criciúma

Situação é provocada por uma reação química no subsolo de um terreno no bairro Colonial

Foto: Defesa Civil/Divulgação

A Defesa Civil está trabalhando nesta quinta-feira (28) na contenção de uma reação química no subsolo de um terreno, situado no bairro Colonial, em Criciúma, que tem provocado a liberação de fumaça e enxofre.

Segundo o diretor da Defesa Civil de Criciúma, Fred Gomes, a situação foi desencadeada em razão de uma reação química, provocada pela queima irregular de uma casa de madeira no terreno, em 1º de julho.

Desde o episódio, a Defesa Civil e a Vigilância Sanitária acompanham a situação na localidade. Inicialmente, suspeitava-se de algum problema com esgoto, mas a principal hipótese, atualmente, é que houve uma reação química no subsolo, onde há bastante rejeito de carvão, informou Fred.

“A Vigilância então entrou em contato conosco porque a questão era mais grave e nós tivemos que monitorar e estudar o caso para tentar resolver. Estamos estudando e acompanhando diariamente. Já conseguimos eliminar 80%”, explicou Fred Gomes.

O caso piorou nesta quinta-feira com a queima de pneus no local, desencadeado novamente a reação. A Defesa Civil pretende fazer um corte no solo para tentar apaziguar a situação. “Esperamos finalizar os trabalhos ainda nesta quinta, porque sexta vai chover, então, pode piorar a reação química”, relatou Gomes.

Com informações do ND+

Notícias Relacionadas

Fumaça de queimadas da região da Amazônia chega ao Oeste de Santa Catarina

Ela também atingiu, segundo os mapas, a região Sul catarinense. Mas como o dia estava mais nublado na região, a fumaça não chegou a ser perceptível.

Casan expande uso do Teste de Fumaça em sistemas de esgotamento sanitário

Teste também é realizado na região do Mar Grosso, em Laguna. O objetivo é identificar um conjunto de inadequações, como ligações clandestinas.

Casan passa a usar teste de fumaça para localizar ligações irregulares de esgoto

Com o chamado Teste de Fumaça, no qual é lançada uma fumaça atóxica na rede pública operada pela Companhia, será possível identificar um conjunto de inadequações.

Sistema de segurança de banco falha e agência fica tomada por fumaça em Criciúma

Não foi encontrado sinais de que a agência tenha sofrido algum tipo de arrombamento.