Turismo

Departamento de Cultura de Orleans realiza reuniões com os contemplados pela Lei Aldir Blanc para andamento dos projetos

O município de Orleans foi contemplado com o recurso no valor total de R$ 174.236,88

Divulgação

Nos dias 03 e 04, o Departamento de Cultura da Prefeitura de Orleans realizou reuniões com os contemplados pela Lei Aldir Blanc. O propósito foi averiguar o andamento dos projetos elaborados pelos responsáveis dos espaços culturais e fazedores de cultura. Além disso, foram enfatizados detalhes da prestação de contas, obrigatória para todos.

Na oportunidade, também foram definidas as datas dos eventos, cursos e demais atividades, para elaboração de um calendário, a fim de propiciar ampla divulgação junto aos munícipes.

Sobre a Lei

A Lei Aldir Blanc, de Emergência Cultural – Lei Federal Nº 14.017, de 29 de junho de 2020, dispõe sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural a serem adotadas durante o estado de calamidade pública, reconhecido pelo Decreto Legislativo Federal Nº 6, de 20 de março de 2020, em função da pandemia da Covid-19.

O município de Orleans foi contemplado com o recurso no valor total de R$ 174.236,88, o qual foi distribuído para vinte e cinco espaços culturais e fazedores de cultura. A lista dos beneficiados está disponível no site da Prefeitura.

Notícias Relacionadas

Pesquisa aponta aumento de casos de covid em 1.217 cidades esta semana

O número corresponde a 33,9% das 3.591 prefeituras ouvidas

Governo de SC vai prorrogar estado de calamidade pública até 30 de setembro

Com a medida, o Estado fica desobrigado de cumprir algumas metas fiscais, o que facilita o combate ao vírus

Santa Catarina avança na certificação de propriedades livres de brucelose e tuberculose

A intenção da Secretaria da Agricultura é ampliar o número de certificações, para que esse seja mais um diferencial competitivo do agronegócio catarinense

Governo do Estado abre licitação para elaboração de estudo para criação de rodovia alternativa à BR-101 Norte

A empresa que for selecionada na licitação terá seis meses para executar um estudo identificando onde poderá passar essa nova rodovia