Geral

Depois de dois meses, gasolina baixa dos R$ 4

Três postos estão vendendo o litro do combustível a R$ 3,99 em Criciúma, conforme novo ranking do Procon.

Divulgação

O Procon atualizou, nesta terça-feira, 18, o seu ranking com os preços dos combustíveis praticados em Criciúma. O novo levantamento apurou que pela primeira vez em mais de dois meses o litro da gasolina comum baixou dos R$ 4. Na pesquisa do último dia 12, o valor mínimo era de R$ 4,09. Em uma semana, baixou para R$ 3,99, valor oferecido nos postos Acesso Sul (Sangão), Mediterrâneo (Quarta Linha) e Rosso (BR-101).

“Acreditamos que vá baixar mais um pouco ainda”, comenta o coordenador do Procon Criciúma, Gustavo Colle. O último ranking que registrou o litro da gasolina comum a menos de R$ 4 foi em 2 de abril, a R$ 3,90. No levantamento seguinte, de 22 de abril, o preço já havia chegado a R$ 4,08.

“Mas acreditamos que essa baixa de agora esteja criando uma reação em cadeia. Os postos diminuem da BR em direção ao Centro. Começou na BR-101, agora já chegou na Quarta Linha e Sangão, daqui a pouco alcança o São Luiz e outros bairros até chegar no Centro”, destaca Colle. “Acreditamos que o preço vá se estabilizar quando chegar aos R$ 3,99 nos postos da área central”, projeta.

O coordenador lembra que a redução tem relação direta com a recente queda dos preços das refinarias para as distribuidoras praticadas pela Petrobrás. “É efeito dessa última redução, eles tinham reduzido 15% e nossos postos estavam em 2,7% em Criciúma. Depois, chegou à faixa dos 10% de redução, que é o patamar atual”, avalia.

Diesel mais barato

Não somente a gasolina comum baixou de preço. A aditivada também. O litro, que estava em R$ 4,16 no dia 12, chegou a R$ 4,01 agora, uma queda de 15 centavos. Caiu mais que a gasolina comum, que nesta semana baixou 10 centavos. O preço máximo da gasolina comum caiu de R$ 4,39 para R$ 4,37, enquanto o da aditivada se manteve estável em R$ 4,59.

O diesel está mais barato em Criciúma. O litro reduziu de R$ 3,29 na semana passada para R$ 3,22 agora. Os demais combustíveis seguem nos mesmos patamares.

“Enviamos na semana passada um ofício à Agência Nacional do Petróleo (ANP) pedindo explicações sobre a diferença no preço da gasolina de Criciúma e dos municípios vizinhos. Devemos ter a resposta em breve”, conclui Colle.

Com informações do site 4oito

Notícias Relacionadas

Procon autua posto de combustíveis por preço abusivo em Criciúma

Operação irá fiscalizar 40 estabelecimentos do município, três já foram autuados.

Senador garante R$ 40 milhões e obras da Serra da Rocinha não sofrem ameaça

Condutor é preso após tentar atropelar um policial federal rodoviário na BR-101, em Biguaçu

O homem de 24 anos estava com um com um veículo roubado. A ocorrência foi registrada na manhã do último sábado (13).

Morador de Lauro Müller é baleado durante assalto a ônibus de comerciantes na BR-101; Veja vídeos