Papo Psi

Depressão não é frescura

Foto: Divulgação

Não é novidade que a Depressão é considerada a doença do século. Esse transtorno pode afetar a vida familiar, social e profissional de uma pessoa, levando-a ao isolamento social. Porém, a sociedade em geral acaba ignorando o sofrimento que um indivíduo acometido por este transtorno sente. Em muitos casos, as pessoas próximas não sabem lidar com o transtorno, e é comum para o indivíduo com Depressão ouvir frases como:

– Por que você não tenta se alegrar?
– Por que você não tenta rezar mais?
– Existem pessoas que estão piores que você.
– Depressão é falta de trabalho.
– Depressão é preguiça.
– Depressão é falta de Deus.

As intenções podem ser as melhores, mas para uma pessoa com o psicológico desequilibrado estas palavras podem piorar os sintomas. Este transtorno pode acometer pessoas de qualquer classe social e qualquer idade, sendo que crianças também podem desenvolvê-lo. É importante ficar atento aos seguintes sintomas:

– Humor deprimido na maior parte do dia;
– Perda de prazer em atividades que antes eram consideradas prazerosas;
– Perda ou ganho de peso;
– Insônia ou hipersônia;
– Agitação ou retardo psicomotor;
– Fadiga e perda de energia;
– Se sentir inútil, inadequado ou culpado em excesso;
– Dificuldade de concentração;
– Pensamentos recorrentes de morte e/ou ideação suicida.

Se você ou uma pessoa próxima está sentindo pelo menos cinco destes sintomas, não hesite em procurar um profissional para uma avaliação. Vale lembrar que o transtorno se difere do sentimento de tristeza ao qual qualquer indivíduo está sujeito.
Se você é alguém próximo de uma pessoa com Transtorno Depressivo as melhores formas de ajudar são: compreendendo o transtorno; apoiando emocionalmente; evitando conselhos que não foram solicitados e promovendo momentos de qualidade com a pessoa.

Notícias Relacionadas

Inspirações para o ano novo

O poder da mídia

A professora e colunista Ana Maria Dalsasso avalia a relação da mídia atual com a divulgação de informações sobre o novo tipo de gripe, o H3N2, à população.

Cuidados com a coluna devem ser redobrados no Verão e na praia

Carregar pesos como caixas térmicas e cadeiras de praia podem causar dores e até lesões na coluna.

A baixa qualidade da educação brasileira

A professora e colunista Ana Maria Dalsasso questiona os pais sobre a qualidade da educação nas escolas públicas do país. E você, está satisfeito?