Geral

Descarte irregular de lixo prejudica a operação de esgoto em Tubarão

Em Tubarão, atitudes como essa podem prejudicar também a operação do sistema de coleta e tratamento de esgoto.

Divulgação

O descarte irregular de lixo pode impactar a qualidade de vida humana e o meio ambiente, provocando não só a poluição, mas enchentes, proliferação de animais, transmissão de doenças e muito mais. Em Tubarão, atitudes como essa podem prejudicar também a operação do sistema de coleta e tratamento de esgoto.

Na tarde de sexta-feira (07), o processo de gradeamento (que separa o esgoto de materiais “estranhos”) da Estação Elevatória de Esgoto Braz (que encaminha o esgoto à Estação de Tratamento), precisou ser parado para a remoção de itens como bola, seringa, embalagens plásticas, preservativo e outros objetos.

Segundo a Concessionária, esse lixo saiu de alguma residência pela tubulação de esgoto, chegou na Estação Elevatória e foi removido, mas poderia ter parado na rede e provocado um extravasamento na comunidade. “Se a rede for obstruída, o esgoto acaba acumulando até chegar no Poço de Visita ou retornar para a própria residência. É importante ressaltar que a rede deve receber apenas o esgoto bruto, ou seja, os resíduos do banheiro, da área de serviço e cozinha (a partir da caixa de gordura)”, explica o diretor da Tubarão Saneamento, Wagner Souza.

Antes de realizar a conexão da residência na rede, o usuário pode tirar todas as dúvidas entrando em contato com a Tubarão Saneamento pelo WhatsApp (48) 99168-5827 ou pelos telefones 0800 648 9596 e (48) 3052-7400.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Tubarão

Notícias Relacionadas

Cidades do Sul querem participação nos lucros da Casan

Os seis municípios, abastecidos pela barragem do Rio São Bento, podem formar um Consórcio para captação, tratamento e distribuição da água para região

Vereadores defendem implantação de programa que troca lixo reciclável por comida em Cocal do Sul

Vereadores Richardson Vieira (PDT) e Giovana Galato Santa Rosa (PP) apresentaram proposta em sessão legislativa. Cidadão receberia R$ 0,50 em alimentos por quilo de material entregue.

Vereadores aprovam leilão de veículos, mas cobram planejamento do Governo Municipal

Segundo vereadores, a Secretaria de Agricultura ficaria sem caminhão para atender o setor. Desconto no IPTU para pagamento em cota única também é aprovado.

Samae de Orleans celebra 47 anos de fundação e inaugura obras de reforma da sede

Investimentos de quase meio milhão de reais visam oferecer um atendimento com mais qualidade aos consumidores e melhores condições de trabalho.