Segurança

Detentas de Presídio fechado em Tubarão são transferidas para Criciúma

82 internas do Presídio Feminino de Tubarão foram realocadas para unidades femininas localizadas em Criciúma

Divulgação

A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) concluiu nesta segunda-feira, 31, a desativação do Presídio Feminino de Tubarão, antiga reivindicação da comunidade local. “Além de estar em uma área urbana, o prédio não oferecia mais as condições necessárias para o cumprimento da pena com dignidade”, destacou o Secretário da SAP Leandro Lima.

A desocupação da unidade começou na quinta-feira, 27 de janeiro, com a deflagração da Operação Casa Nova quando 128 internas do Presídio Feminino de Tubarão foram transferidas para unidades femininas localizadas em Itajaí e Criciúma. De Tubarão para Criciúma foram realocadas 82 internas e, de Criciúma para Itajaí, outras 46 apenadas.

Leandro Lima reforçou a importância de oferecer vagas de trabalho e de ensino para as internas do sistema prisional. “As unidades que receberam as apenadas – tanto Criciúma, quanto Itajaí – já tem uma estrutura de trabalho em funcionamento, que poderá ser ampliada por meio de novos convênios com a iniciativa privada”, assinalou.

De acordo com a Superintendente da Regional Sul do Departamento de Polícia Penal (DPP), Juliana Borges Medeiros, o critério para a realocação das internas considerou a proximidade geográfica com os familiares. Quem estava em Tubarão foi para Criciúma e apenadas que alocadas em Criciúma, mas tem familiares na região Norte, foram para Itajaí. “Desta forma as internas terão uma melhor condição para cumprir a pena e estarão perto da família”, observou.

O terreno e o prédio do antigo presídio pertencem ao estado e poderá ser repassado para a prefeitura, caso manifeste interesse.

Com informações do TNSul

Notícias Relacionadas

Mulher é atingida com tijolada na cabeça por marido bêbado em SC

Vítima foi parar no hospital e precisou de pontos cirúrgicos na cabeça. Agressor foi preso em flagrante

Prazo para aderir ao Relp termina dia 31, alerta Receita Federal

Pagamento pode ser feito em até 180 vezes

Homem em situação de rua é agredido com pedras por duas pessoas em SC, diz PM

Agressões só pararam quando um motorista que passava pelo centro começou a buzinar. Ninguém foi preso.

Soldado russo julgado na Ucrânia é condenado à prisão perpétua

Vadim Shishimarin, de 21 anos, admitiu em julgamento que matou um civil de 62 anos em meio à invasão russa no nordeste ucraniano