Geral

Dia da Independência é celebrado em Nova Veneza

Atos foram realizados em todas as escolas do município

Divulgação

O município de Nova Veneza, por meio da Secretaria de Educação, realizou na manhã desta terça-feira (7), atos cívicos em alusão ao Dia da Independência do Brasil. Foram realizados atos nas nove escolas da rede municipal de ensino. O prefeito Rogério Frigo participou da atividade da Escola Municipal Bairro Bortolotto, que contou com a banda fanfarra da escola.

“Nós estamos aqui muito felizes com a participação dos pais e alunos. Continuamos passando por um ano de pandemia e é motivo de comemoração estarmos realizando este evento que celebra a independência do nosso país. É muito importante comemorarmos esta data junto aos alunos, que são o futuro da nação”, comenta o chefe do executivo.

O secretário de educação, Heriton Sandrini, destacou a organização das escolas para a realização do ato. “Queríamos que esta celebração fosse realizada na rua, com toda a cidade participando. Mas por conta da pandemia, não podemos realizar. Mas a nossa equipe se mobilizou para que estas atividades pudessem ser realizadas. Já voltamos com as aulas presenciais e isso nos enche de alegria, porque é onde queremos ver as nossas crianças, estudando e se tornando grandes cidadãos brasileiros”,. comenta.

Notícias Relacionadas

Pedido de Comissão Processante para cassação de prefeito de Urussanga é arquivado

Houve quatro votos contrários e cinco favoráveis à criação da Comissão.

Mulher é encaminhada ao hospital após ser esfaqueada pelo ex-companheiro, em Tubarão

A situação não foi mais grave apenas porque um motorista que passava pelo local, ao ver a situação, atirou o veículo contra o agressor.

Duas pessoas são conduzidas ao hospital após colisão entre carro e moto na SC-108, em Urussanga

Após a colisão, o carro capotou e um homem, de 49 anos, ficou preso às ferragens; a motociclista, de 53 anos, também se feriu.

Homem invade local de trabalho e tenta esfaquear ex-companheira em Tubarão

A vítima, de 35 anos, estava sendo ameaçada pelo ex-companheiro, de 39 anos, que só não conseguiu golpeá-la porque outras pessoas estavam no local.