Educação

Dia do Professor: educação que une e transforma

No dia deles, relatos de quem vivencia – e AMA – o que faz

Divulgação

No dicionário, o termo aprendiz é designado para quem está aprendendo um ofício ou uma arte, alguém jovem e inexperiente. Às vezes, mesmo com anos de experiência, o início do trabalho representa o frio na barriga. No Dia do Professor, comemorado neste 15 de outubro, muitos se percebem eternos aprendizes, que buscam, a cada aula, melhorar, se desafiar e trocar conhecimentos com estudantes de todas as idades.

Nas últimas seis décadas, a Satc contribuiu para transformar gerações. Professores e estudantes passaram por seus corredores e salas de aula e se espalharam pelo mundo. O conhecimento, que promove as mudanças, é disseminado pelos educadores.

“Para uma sociedade evoluir, crescer, se transformar, a alternativa que temos é pela educação. E esse processo acontece pelas mãos do professor. É o educador que é esse agente de transformação”, afirma o reitor da UniSatc Carlos Antônio Ferreira.

Uma eterna aprendiz

Nos 13 anos em que está inserida no contexto escolar, a professora Nazarena Idalino Trombim viu mudanças e transformações. Atuando nas disciplinas de História e Ensino Religioso com as turmas do ensino fundamental e ensino médio, percebeu que as formas de se relacionar, discutir assuntos e interagir estão em constante alteração. “Me preparo muito para as aulas. Procuro novas formas de apresentar, novas dinâmicas e maneiras de atuar junto com outras disciplinas”, argumenta.

Para Nazarena, o compromisso principal do educador é grande, porque cabe a ele a tarefa de instruir pessoas, transmitir saberes. “Ensinar é educar. Mas, sobretudo aprender com nossos alunos. Nós somos eternos aprendizes”, pondera ela.

Formação técnica nas novas gerações

Transmitir os ensinamentos que outros mestres lecionaram e incluir um toque ainda mais especial na educação. Esse é um dos caminhos vividos pelo professor do ensino técnico do Colégio Satc, Gustavo Henrique Rocha de Carvalho, que tem em sua formação a expertise da Satc como Técnico em Design Gráfico.

“Ser professor na Satc é muito gratificante, pois contribuímos para formação de profissionais que vão fazer a diferença no mercado de trabalho”, destaca Gustavo.

É com carinho que o professor lembra da sua trajetória de conquistas e desafios lecionando para as novas gerações. “Como professor precisamos sempre nos reinventar, os alunos mudam, as ferramentas mudam e o mercado muda. Precisamos sempre estar atentos e resilientes para conseguir ser efetivo e fazer a diferença na vida profissional ou até mesmo pessoal dos alunos”, enfatiza.

Conhecendo o mundo de possibilidades que a comunicação oferece e sendo a área que escolheu para seguir profissionalmente, que o professor Gustavo dá aula de Empreendedorismo Criativo, Startup World e Web Designer, para os cursos técnicos de Administração, Design Gráfico, Eletromecânica, Manutenção Automotiva e Mecânica.

Uma apaixonada pelos livros

Não foi ela que definiu a educação, mas foi a docência que a escolheu. A professora Claudia Nandi Formentin sabe o poder da educação, apaixonante, transformador, único. Jornalista por formação, ela se viu inserida aos poucos no universo da educação. “Comecei a trabalhar na parte administrativa de uma escola ainda na graduação. Depois, já no mestrado, fui convidada para dar uma aula e substituir uma professora”, comenta.

Isso foi em 2004. Aos poucos, assumindo novas tarefas e ingressando nesse ramo, ela não se vê em outra coisa. Professora da UniSatc, dos cursos na área da Comunicação, Claudia é uma educadora apaixonada e transformada pela leitura. Seus alunos já sabem que ela sempre vai ter algo para contar sobre os livros que está lendo, ou melhor, devorando.

“Não tem como separar a docência da leitura. Qualquer profissão está ligada à leitura. Com o Jornalismo, nem se fala. Sempre fui uma leitora de muitos livros”, ressalta Claudia.

A experiência em sala fez com que ela aprendesse que as aulas estão sempre em construção, em transformação. “Sendo professora, me descobrindo estou eternamente aprendendo e consigo levar isso para as aulas. Me sinto hoje uma melhor leitora da minha própria realidade”, pondera Claudia.

O prazer de lecionar presente no DNA Satc

Valorizar o DNA Satc sempre foi um dos pilares da instituição. Não são poucos os exemplos de professores que são ex-alunos Satc. Profissionais que foram inspirados por outros docentes e que hoje levam seus ensinamentos adiante. É o caso do professor João Paulo Silva, de História. Ele começou sua jornada na Satc em 2004, na primeira série do Ensino Fundamental e no 9º ano já pensava em lecionar.

“Já tinha pensando nisso antes, mas ali começou a tomar forma, principalmente vendo os meus professores dando aula. A didática, os diálogos divertidos, os conselhos, os puxões de orelha, percebia o carinho e a motivação deles e como mantinham um diálogo sempre motivador, ainda que cobrassem. A partir dali, queria ser um professor como eles”, lembra.

Primeiro professor da família e hoje casado com uma professora, João traz dos professores que teve a inspiração para continuar lecionando e passando os ensinamentos adiante. “Ensinar, aprender, compartilhar experiências, vivências. Se eu puder contribuir 1% na formação desses alunos enquanto cidadãos, corretos, éticos e realizados e felizes, já é uma grande conquista”, afirma o professor.

O professor João dá aulas no 8° e 9° anos do Ensino Fundamental e no 1°, 2° e 3° ano do Ensino Médio. Todos com a disciplina de História. Além disso, iniciou em 2021 no intensivo pré-Enem da escola, nas disciplinas de Sociologia e Atualidades.

Notícias Relacionadas

Dez escolas municipais de Criciúma já tiveram seus documentos antigos digitalizados

Objetivo da Secretaria de Educação é criar acervo com decretos, cadastros de estudantes e professores, fotos históricas e demais documentos das unidades de ensino

Colégio Satc inicia transição de alunos para novas séries

Desafios e mudanças para os alunos que passam para o Ensino Fundamental são monitorados pelo corpo pedagógico

“Estamos perto de ver o topo da inflação”, diz presidente do BC

Campos Neto afirma que pode haver melhora no ano que vem

Queda de elevador deixa um homem ferido dentro de padaria em SC

Estado de saúde da vítima é estável; acidente aconteceu no bairro América