Geral

Diamante Energia doa terreno para construção da Ponte da Amizade em Capivari de Baixo

Para Jorge Nemr, conselheiro da Diamente Energia, a doação é uma retribuição à importância dos dois municípios para o empreendimento ao longo da história

Divulgação

O governador Carlos Moisés e o prefeito de Capivari de Baixo, Vicente Corrêa Costa, receberam da Diamante Energia, gestora do Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, a doação do terreno onde será a cabeceira da Ponte da Amizade, entre Capivari e Tubarão. A entrega simbólica ocorreu na tarde desta segunda-feira, 13, na Casa d’Agronômica.

Carlos Moisés agradeceu a doação e parabenizou o gesto da Diamante Energia. “O que acontece hoje aqui representa tudo o que temos defendido no nosso governo: infraestrutura, municipalismo e parcerias. Conectar os municípios é um grande movimento que estamos fazendo. Não poderíamos tornar essa obra uma realidade se não fosse pela parceria com a empresa e com a associação dos municípios. O grande objetivo de todo esse esforço é melhorar a infraestrutura para os cidadãos catarinenses”, declarou o governador.

Com a doação, o terreno agora pertence ao município de Capivari de Baixo, que poderá utilizá-lo para a construção da Ponte que terá o nome de Dr. Stelio Cascaes Boabaid. A obra foi contratada pelo Consórcio Intermunicipal Multifinalitário dos Municípios da Amurel (CIM-Amurel), com recursos do Governo do Estado. O investimento é de aproximadamente R$ 16,6 milhões, e duas das seis parcelas já foram repassadas ao consórcio. Uma operação será montada para transportar com todos os cuidados uma árvore flamboyant que está no terreno e será plantada no Parque Ambiental Encantos do Sul.

Para Jorge Nemr, conselheiro da Diamente Energia, a doação é uma retribuição à importância dos dois municípios para o empreendimento ao longo da história. “Capivari de Baixo é uma cidade que cresceu em função do Complexo, mas o Complexo também só existe porque teve apoio da cidade. Hoje 99% das pessoas que trabalham no Complexo Termelétrico Jorge Lacerda são de Tubarão ou de Capivari de Baixo. Se a empresa cresceu, é por causa dos colaboradores que lá estão. Muito maior do que o valor monetário do terreno é o valor sentimental para todos nós”, afirma.

Na avaliação do prefeito de Capivari de Baixo, Vicente Corrêa Costa, a ponte ajudará a formar um novo eixo de desenvolvimento para as duas cidades. “Esta obra tão aguardada agora está mais perto de ser executada, estamos muito ansiosos por isso. A empresa mostra uma visão de ajudar a trazer desenvolvimento para a região e somos muito gratos por isso, assim como ao governador por essa obra”, afirmou.

A ponte terá 200 metros de extensão e 24 de largura com pista dupla, ciclovia e passarela. A estrutura será construída sobre o Rio Tubarão, nas proximidades de onde há a linha férrea, no final da Avenida Marcolino Martins Cabral, em Tubarão, e da Avenida Paulo Santos Mello, em Capivari de Baixo.

“É mais uma demanda histórica dos catarinenses que está saindo do papel graças ao compromisso e ao engajamento de todos os envolvidos: município, governo e, nesse caso, também iniciativa privada”, destacou o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, tenente-coronel Thiago Vieira.

Também participaram do ato simbólico o conselheiro e o diretor administrativo da empresa, Pedro Kassab e Luiz Ricardo Beatrice, o secretário adjunto da SIE, Alexandre Martins da Silva, e o subchefe da Casa Civil, Juliano Chiodelli.

Notícias Relacionadas

Saúde lança nova versão da caderneta de saúde para crianças

Novo modelo será enviado aos estados e municipios até março

Cachoeira é interditada por tempo indeterminado após queda que matou jovem em SC

Leticia Silva Budal, de 20 anos, morreu após cair aproximadamente 50 metros dentro da cachoeira

SC tem 20 vezes mais pacientes em tratamento contra Covid do que no Natal

Em 25 de dezembro, estado tinha 1.987 casos ativos contra 45.915 de sexta-feira. SC enfrenta filas nos postos de saúde e unidades fechadas por causa do afastamento de profissionais da área.

Um ano de vacinação contra Covid-19 com início da imunização de crianças

A vacinação de crianças de 5 a 11 anos é a forma que SC celebra data