Segurança

DIC indicia 47 pessoas em investigação, em Araranguá

A investigação teve início em janeiro de 2020, após o homicídio de um homem em Balneário Arroio do Silva

Divulgação

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá, concluiu no início deste mês a investigação relacionada à organização criminosa que atuava na região Sul de Santa Catarina. Foram indiciados 47 investigados, dos quais 19 já se encontram presos.

A investigação teve início em janeiro de 2020, após o homicídio de um homem em Balneário Arroio do Silva, apontado como um dos líderes locais de uma organização criminosa com atuação em todo o Estado de Santa Catarina. A facção investigada atua dentro e fora das unidades prisionais catarinenses e possui estruturas locais de organização em vários municípios de Santa Catarina, entre eles Araranguá e Balneário Arroio do Silva.

As diligências foram realizadas ao longo de 18 meses, com o cumprimento de mandados de busca e apreensão e análise de objetos e documentos apreendidos na posse dos investigados. As investigações identificaram a participação dos integrantes da organização criminosa em crimes como tráfico de drogas, tortura, corrupção de menores, porte de arma e homicídios, ocorridos em Araranguá. A Polícia Civil acredita que pelo menos 11 execuções praticadas entre o final de 2019 e início de 2021 tenham sido praticadas em nossa região envolvendo membros do grupo investigado. Alguns inquéritos desses homicídios já foram concluídos com indiciamento e outros estão em investigação.

Entre os quase 50 indiciados, o Inquérito Policial identificou 17 suspeitos que ocuparam ou ocupam papel de liderança dentro da organização criminosa. Entre esses líderes, pelo menos duas mulheres ocuparam cargos à frente da facção em toda a região Sul do Estado e até em nível estadual.

O grupo também é acusado de envolver adolescentes nas práticas criminosas. Um procedimento específico para apurar a atuação de uma menor foi instaurado pela DIC. Já o inquérito policial concluído foi encaminhado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público.

Com informações do TNSul

Notícias Relacionadas

Com investimentos de R$ 5,3 milhões, Governo do Estado entrega reforma e ampliação de escola em Araranguá

O secretário também salientou que a atual gestão tem dedicado maior atenção na etapa de contratação das obras, o que garante mais agilidade, eficiência e segurança nas entregas.

Júri popular condena réu por homicídio e corrupção de menores em Araranguá

Um homem de 21 anos foi condenado, em sessão do júri da comarca de Araranguá na última quarta-feira (14), por homicídio e corrupção de menores.

Bombeiros apagam fogo em residência no Jardim das Avenidas, em Araranguá

Fato ocorreu no início da tarde desta segunda-feira, 3.

Motociclista morre ao colidir frontalmente com veículo, em Araranguá

As causas do acidente ainda serão apuradas pelo Instituto Geral de Perícias