Geral

Diretor da Satc apresenta projeto de inovação em Israel

Fernando Zancan participa da Cybertech Global, em Tel Aviv

Divulgação

Nos últimos anos, Israel se consolidou como um dos principais centros de inovação do mundo. Para discutir o que está em alta e o que se espera para os próximos anos, os principais nomes da inovação e tecnologia participam da Cybertech Global TLV 2022, em Tel Aviv. A conferência, que reunirá startups, investidores e participantes desse ecossistema de inovação, ocorre de 1º a 3 de março. O diretor executivo da Satc, Fernando Luiz Zancan, será debatedor em um dos painéis.

“Nossa ida à Israel representa o primeiro passo para divulgar que Santa Catarina, especialmente Criciúma, avança na questão de inovação. Vamos apresentar, dizer o que existe e mostrar o projeto de porte para criar um distrito de inovação, indo em busca de parceiros”, afirmou.

Os contatos que serão ampliados em Israel integram a parceria entre a Satc e a BaseCamp, empresa contratada para desenvolver o projeto do distrito de inovação. Zancan participa do painel “National economic development – bulding international cyber & innovation ecosistems worldwide”, que traz o debate sobre os projetos em andamento ou novas experiências que vão começar.

A mediação é do fundador e CEO da BaseCamp, Uzy Zwebner. O debate ocorre dia 3 de março. “A parceria com a BaseCamp é fundamental para que o mundo saiba que estamos desenvolvendo aqui um projeto de padrão internacional”, ressaltou Zancan.

Visita ao parque tecnológico

Além da participação no evento, o diretor da Satc tem agenda extensa com outros compromissos. Um deles é a visita ao parque tecnológico Gav-Yam Negev. Ele é um dos principais centros de pesquisa e desenvolvimento (P&D) de Israel e está localizado na cidade de Beer-Sheva (Berseba, na tradução ocidental). O parque de Gav-Yam Negev, ganha destaque por ser o centro cibernético do país. É ligado à Ben-Gurion University e tem a gestão da BaseCamp.

“Israel hoje é o novo vale do silício, tem uma tradição de inovação. Nossa parceira já tem essa experiência por atuar na criação do parque tecnológico em Beer-Sheva. Hoje, são 3 mil pessoas trabalhando no local, sendo que 82% são residentes. Esse é o conceito que estamos aplicando, criando um projeto de carbono zero, dentro da proposta de transição energética justa”, defendeu Zancan.

Sobre Israel

A força de Israel na inovação é reconhecida. A estimativa é que a cada ano sejam abertas 1,4 mil novas startups. A cidade de Tel Aviv é considerada um dos principais hubs de startups do mundo.

Segundo dados do governo, 4% do Produto Interno Bruto (PIB) é investido em pesquisa e desenvolvimento.

Notícias Relacionadas

Governo do Estado libera R$ 50 milhões para assistência social

O repasse será realizado em três parcelas. Estão previstos R$ 20 milhões para maio; R$ 15 milhões para agosto e outros R$ 15 milhões para novembro

Médico da policlínica de SC vendia remédios a R$ 1,2 mil a pacientes do SUS, diz polícia

Polícia cumpriu mandado de busca e apreensão no consultório particular do médico, na região central da cidade

Homens fantasiados invadem apartamento, deixam reféns e levam R$ 97 mil em SC

Ladrões se passaram por eletricistas vestindo macacões cinzas luminosos da Celesc; vítimas foram deixadas amarradas no Centro de Balneário Camboriú

Servidor público modificou carro que participou de racha com morte em Florianópolis

Veículo se envolveu em acidente que terminou com o óbito de um idoso