Geral

Doações ao Fundo para a Infância e Adolescência de Lauro Müller seguem até dia 30

Na dúvida, os contribuintes podem procurar o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente ou o seu contador.

Foto: Divulgação

Ainda é possível fazer doações ao Fundo para a Infância e Adolescência (FIA) do município de Lauro Müller para serem deduzidas na declaração do Imposto de Renda. A doação pode ser até o dia 30 de abril, sendo que o limite é de 3% do imposto devido para os contribuintes Pessoa Física que utilizam o formulário completo.

Ao contribuir com o FIA o cidadão não terá nenhuma perda financeira ou qualquer forma a mais de despesas, apenas destinará parte do seu imposto de renda devido em favor de crianças e adolescentes. O contribuinte recebe de volta o valor doado, junto com a restituição ou em forma de desconto no imposto a pagar.

O FIA é o Fundo Municipal da Infância e Adolescência, instituído pelo poder público gerenciado pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), destinado ao financiamento de serviços especiais, bem como de ações que evidenciem a garantia dos direitos da criança e do adolescente, através de projetos sociais implementando a política pública e serviços/programas das entidades não governamentais, a capitalização do fundo permite a ampliação dos programas, serviços e metas por eles atendidas.

Na dúvida, os contribuintes podem procurar o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente ou o seu contador. Com a contribuição as pessoas podem fazer do Leão do Imposto de Renda um ótimo parceiro de muitas crianças e adolescentes.

Foto: Divulgação

Colaboração: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Lauro Müller

Notícias Relacionadas

Associação Atlética de Orleans precisa de apoio para fazer ainda mais história no futebol orleanense

Bombeiros de Orleans divulgam vídeo da entrega de doações da Campanha de Natal; Assista

Imposto de Renda: Receita libera dia 9 consulta a lote de restituição

Crédito para 72.546 pessoas será feito dia 16, somando R$ 240 milhões

Casa da Acolhida consegue Alvará de funcionamento, em Criciúma

Com o documento, instituição que acolhe pessoas de toda a região planeja novas conquistas.